PUBLICIDADE

Topo

Agosto sem desgosto: Márcia Fernandes diz que mês é ótimo para prosperidade

Mês é "zicado"? Márcia Fernandes ensina a reverter energia negativa - Deagreez/Getty Images/iStockphoto
Mês é "zicado"? Márcia Fernandes ensina a reverter energia negativa Imagem: Deagreez/Getty Images/iStockphoto

Camila Eiroa

Colaboração para Universa

01/08/2020 04h00

Chegou agosto, o mês do desgosto. Será? A sensitiva Márcia Fernandes conta que uma das origens dessa crença está no fato de que as mulheres portuguesas nunca se casavam no mês de agosto, já que era a época em que os navios de expedições saíam à procura de novas terras. Sendo assim, casar em agosto era sinal de solidão ou viuvez. Ao chegarem no Brasil, os portugueses plantaram essa crença.

Outra crendice popular é a de que agosto seria o mês do cachorro louco, o que os veterinários confirmam de certa forma, já que em agosto a concentração de cadelas no cio aumenta devido às condições climáticas. Portanto, os cachorros ficam loucos atrás das fêmeas e essa disputa faz com que a raiva, doença transmitida pela saliva dos cães, se espalhe mais rapidamente. A aparência dos animais infectados é bem impressionante, já que eles babam e causam má impressão.

No entanto, mesmo que muita gente leve a sério essas percepções sobre agosto, o que por si só pode atrair alguns azares, a energia do oitavo mês do ano é bastante positiva se avaliada pela numerologia. "Ele é representado pelo número 8, ou seja, é perfeito para começarmos a colher os bons resultados daquilo que plantamos desde o início do ano. É, também, uma fase em que há certo inconformismo, o que nos proporciona impulso de ação", conta Márcia Fernandes.

Agosto é mês "do desgosto"? O que traz de bom?

Prosperidade e autoconfiança

Segundo a sensitiva, o número 8 simboliza principalmente o dinheiro, mas também o poder de expansão em todos os níveis, inclusive material. Sucesso nos negócios, justiça e equilíbrio também são atributos desse algarismo. Sendo assim, agosto pode ser um ótimo momento para resolver as pendências profissionais e financeiras, assim como as afetivas e familiares. Quer empreender? Também haverá chances promissoras.

"Mas não adianta esperar que tudo isso aconteça de maneira mágica. Precisamos colocar nossos desejos e foco nas boas energias de agosto. Para isso, é necessário acreditar no poder da prosperidade para atraí-la cada vez mais. Afinal, uma boa dose de fé e intenções claras postas à mesa fazem toda a diferença", diz Márcia.

Ela alerta para a tendência de exagerar na ambição e de apostar em um materialismo desenfreado. Outra dica para este mês é prestar atenção na teimosia e na impaciência. Algumas situações da vida, ela enfatiza, a gente não tem o poder de controlar. É necessário usar a autoconfiança para aproveitar da melhor maneira as vibrações deste mês.

"Existem vários fatos históricos julgados como negativos que remontam os meses de agosto de diversos séculos. Porém, se acreditarmos em todas as lendas nosso agosto será, sim, um mês de desgosto. O que não precisa acontecer, já que ele pode ser um excelente período de prosperidade e abundância em todos os sentidos da vida", afirma Márcia.

Xô, desgosto!

Para transformar a energia deste mês da melhor maneira, Márcia Fernandes traz duas dicas preciosas para agosto ser ainda mais próspero e sem azar. "Ore, diariamente e com muita fé, o Salmo 90 e reze 8 vezes a Ave Maria para Nossa Senhora Aparecida. Assim estaremos muito bem protegidos e com boa sorte", incentiva.

Alto Astral