PUBLICIDADE

Topo

'Nosso país cria estigmas e congela', diz Luciana Vendramini

Luciana Vendramini: "No Brasil, há estigma. Temos que evoluir nesse sentido" - Reprodução/Instagram
Luciana Vendramini: 'No Brasil, há estigma. Temos que evoluir nesse sentido' Imagem: Reprodução/Instagram

De Universa, em São Paulo

31/07/2020 08h59

Apresentadora e coprodutora de "Elas", série documental que retrata mulheres no cinema brasileiro, Luciana Vendramini disse ver estigmas no Brasil e ressaltou a necessidade de evolução neste aspecto.

"No Brasil, há estigma. Temos que evoluir nesse sentido. Senti isso quando abordei as mulheres das pornochanchadas para o programa 'Elas'. Nosso país, profissionalmente, cria estigmas e congela", disse a atriz, em entrevista para Quem.

A série, que começará a ser exibida pela TV Cultura de São Paulo a partir da próxima segunda-feira (3), traz depoimentos de Ruth de Souza, Tônia Carrero, Odete Lara, Elke Maravilha, Beth Gourlart, Carla Camurati, Anna Muylaert, e outras.

"'Elas' é um programa que idealizei e escrevi. Gosto muito de documentários e sentia falta de ver um com ícones brasileiros. Escrevi o programa e formatei como eu queria. Não queria que fosse lento, queria uma linguagem mais ágil e poder contextualizar. Queríamos um programa feminino, não um que fosse bobo", detalhou Luciana.

Direitos da mulher