PUBLICIDADE

Topo

Monique Curi teve relacionamento abusivo por 8 anos: 'Era chamada de burra'

A atriz Monique Curi - Reprodução/Instagram
A atriz Monique Curi Imagem: Reprodução/Instagram

De Universa, em São Paulo

27/07/2020 07h35

A atriz Monique Curi contou ter demorado oito anos para se dar conta de que estava num relacionamento abusivo em seu casamento anterior e que era chamada de "burra, idiota, imbecil e babaca diariamente" pelo então companheiro.

Em entrevista à Quem, Monique, 51, disse que na época acreditava que uma relação abusiva envolvia apenas agressão física.

"A agressividade não é só o que todo mundo vê, mas também o abuso velado com xingamentos e dominação. Só fui perceber isso depois de oito anos desta relação que acabou com a minha autoestima. Permanecia na relação porque pensava: 'Quem vai querer uma mulher assim?' Até que vi que não era verdade o que ele dizia de mim. Pensei em tudo o que eu tinha conquistado na vida e tudo o que eu tinha jogado fora. E queria tudo de volta", explicou.

A atriz disse que era "muito infeliz" e que só fazia as coisas que o então companheiro gostava. "Vestia as roupas que ele gostava, comia o que ele queria, falava do jeito que ele gostava, dormia na hora que ele queria. Fui levando a vida assim. Fui muito infeliz e chorava muito, reclamava e ouvia coisas absurdas e xingamentos por não seguir as regras impostas por ele. Eu era chamada de burra, idiota, imbecil e babaca diariamente. Já me achava burra, idiota, imbecil e babaca", relembrou.

Monique disse, que ao terminar a relação, acreditou que ninguém mais fosse gostar dela. "Não me cuidava também. Voltei a prestar atenção nisso para me olhar no espelho e me achar bonita. Também voltei a fazer coisas que gostava. Fui resgatando a minha autoestima. Depois disso, uma coisa eu tinha certeza absoluta, que a próxima pessoa ia ter que me amar do jeito que eu era", analisa.

Casada há 20 anos com Leonardo e mãe de dois filhos, Vitória, 17, e Theo, 14, a atriz que trabalhou em "Laços de Família", "História de Amor" e outras novelas está afastada desde 2016 da TV e atualmente se dedica ao quadro Mulheres que se Reinventam, do canal do Youtube Jeito de Ser, para falar sobre assuntos como relacionamentos abusivos e baixa autoestima.

"(...) Hoje posso dizer que meu marido me ama do jeito que eu sou, com as minhas qualidades e defeitos. E eu também o amo dessa forma, sem tentar mudar nada. A noção que eu tenho hoje de um casamento absolutamente feliz é porque eu já tive um casamento muito infeliz", diz.

Violência contra a mulher