PUBLICIDADE

Topo

Autoestima

Emilia Clarke defendeu atriz de GoT de comentários sexistas no set

Missandei (Nathalie Emmanuel), Daenerys (Emilia Clarke) e Varys (Conleith Hill) em cena do quarto episódio da oitava temporada de "Game of Thrones" - Divulgação
Missandei (Nathalie Emmanuel), Daenerys (Emilia Clarke) e Varys (Conleith Hill) em cena do quarto episódio da oitava temporada de "Game of Thrones" Imagem: Divulgação

De Universa, em São Paulo

23/07/2020 09h02

A atriz Nathalie Emmanuel, a Missandei de "Game of Thrones", contou em entrevista à Vogue que Emilia Clarke (que deu vida à Daenerys na série) já chegou a defendê-la de comentários sexistas no set de gravação.

"Na minha primeira temporada, meu figurino era bem revelador. Houve um incidente com um ator coadjuvante que fez um comentário sobre isso no set — quer dizer, típico — e Emilia me defendeu imediatamente. Ficou resolvido na hora", relatou Nathalie.

Na conversa com a Vogue, a atriz disse que se identificou muito com Emilia no set, porque elas eram duas das poucas mulheres em um set de filmagens amplamente masculino. "Emilia e eu nos demos muito bem desde o começo. Quando eu me juntei ao elenco, ela já estava filmando 'Game Of Thrones' por alguns anos, e ela estava definitivamente pronta para ter alguma energia feminina em seu entorno", explicou.

"Ela e eu sempre cuidamos uma da outra. Se vocês são as únicas mulheres em um set dominado por homens, vocês criam um vínculo de certa forma", disse.

Representatividade em cena

Nathalie também comentou sobre a importância de ser uma atriz negra em uma produção tão relevante. "Isso definitivamente me fez refletir muito mais sobre raça e diversidade. No fim das contas, se existir um show do nível de 'Game Of Thrones' novamente, a representatividade precisa fazer parte da conversa desde o princípio", defendeu.

"É uma conversa que eu costumava ter bastante com o Jacob [Anderson], que fazia Grey Worm, a único outro personagem importante não-branco na série. Nós sempre fomos muito consciente do quanto o fato de nós fazermos partes de 'Game of Thrones' importava para as pessoas", contou.

Autoestima