PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Família dos EUA adota 5 irmãos que estavam separados em abrigos diferentes

Alguns dos irmãos em imagem exibida no GMA - Reprodução
Alguns dos irmãos em imagem exibida no GMA Imagem: Reprodução

De Universa, em São Paulo

20/07/2020 14h57

Uma família do estado norte-americano do Texas adotou 5 irmãos que estavam separados em diferentes abrigos. Andi e Thomas Bonura optaram pela adoção após enfrentarem problemas ao longo das gestações e, em maio, decidiram acolher a família que estava afastada.

Thomas, de 8 anos, Carter, de 8 anos , David, de 6 anos , Gabrielle, de 4 anos, e Bryson, de 2 anos, se juntaram agora aos três filhos biológicos do casal: Joey, de 11 anos, Sadie, de 10 anos, e Daphne, de 8 anos.

"As crianças atravessaram muita coisa, mas eles são muito doces. Eles são incríveis — e resilientes", disse Andi em entrevista ao programa Good Morning America. O casal recebeu a autorização para acolher crianças em 2017 e adotaram Bryson diretamente do hospital. Logo David e Gabrielle se juntaram à família e recebiam visitas constantes dos irmãos mais velhos, Thomas e Carter, que vivam com outras famílias.

"É divertido estar perto deles e eles são as melhores crianças", afirmou Andi. "Deus tem suas mãos nisso. Nossa família está completa", agradeceu.

Pouco tempo depois veio a confirmação de que o casal poderia adotar permanentemente os cinco irmãos juntos. Com o processo encerrado, a vizinhança fez uma carreata para celebrar a nova família que havia se formado.

Dificuldades nas gestações

Para Andi Bonura, nenhuma das gestações foi fácil. Na primeira, ela perdeu o bebê. Na segunda, quando vieram gêmeos, os bebês nasceram prematuros, 25 semanas antes do ideal. Um deles não sobreviveu, Eli, e Joey tem paralisia cerebral.

Nas gestações das mais novas, Sadie e Daphne, Andi também não conseguiu ir até o fim e as meninas nasceram antes do tempo. As dificuldades acenderam o sinal amarelo para o casal, que decidiu não ter mais filhos biológicos e buscou a adoção.

Mães e filhos