PUBLICIDADE

Topo

Cidade na Holanda rompe laços com gêmea na Polônia declarada livre de gays

Enorme bandeira do arco-íris é exibida na Parada do Orgulho Gay em Reykjavik, Islândia - Getty Images
Enorme bandeira do arco-íris é exibida na Parada do Orgulho Gay em Reykjavik, Islândia Imagem: Getty Images

De Universa, em São Paulo

16/07/2020 09h16

Uma cidade holandesa cortou seus laços de longa data com sua irmã gêmea na Polônia depois que o município polonês se estabeleceu como uma "zona livre de gays" oficial, de acordo com o site britânico The Guardian.

O conselho da cidade de Nieuwegein (46 km de Amsterdã), ao sul de Utrecht, votou quase por unanimidade para encerrar sua amizade com Pulawy (142 km de Varsóvia), no leste da Polônia.

O município é um dos cem poloneses que prometeram desencorajar a tolerância e evitar prestar assistência financeira a ONGs que trabalham para promover direitos iguais.

"Zonas livres de LGBT", apoiadas por resoluções votadas por conselheiros locais, cobrem cerca de um terço da Polônia, dizem ativistas pela igualdade.

Após a aprovação dos vereadores de Nieuwegein com 26 votos a 1 para encerrar a relação, adesivos com uma bandeira do arco-íris foram colocados em uma das placas de entrada da cidade para encobrir o nome de sua contraparte polonesa.

"Definir as zonas livres de gays é um assunto sério, e nosso conselho emitiu uma declaração muito clara de que isso não é aceitável", disse a vereadora da cidade holandesa Marieke Schouten.

"Somos uma cidade arco-íris. E somos ambas parte da Europa, onde acreditamos que, quem quer que você seja, independentemente da sua orientação, você pode estar no espaço público. Isso não inclui uma zona livre de gays."

Diversidade