PUBLICIDADE

Topo

Claudia Leitte quer 'redefinir' os 40: 'Mulheres sofrem ditadura da idade'

A cantora Claudia Leitte - Divulgação
A cantora Claudia Leitte Imagem: Divulgação

De Universa, em São Paulo

10/07/2020 11h10

Claudia Leitte completa 40 anos hoje, e quer ajudar mais mulheres a se sentirem bem com sua idade. Em entrevista à Quem, a cantora refletiu sobre "a imposição, quase ditadura da idade" que é sentida pelas mulheres.

"Quando o homem é mais maduro e o cabelo fica branco, ele é mais charmoso. A mulher não, ela precisa pintar o cabelo. O homem tem umas ruguinhas e fica igual ao George Clooney", brincou.

Claudia disse que tenta não aplicar essa pressão a si mesma: "[É] mais um padrão criado do que algo meu, natural. Estou muito disposta a ter minha parcela de contribuição para a redefinição dos 40, porque estou começando minha vida e ninguém pode dizer o contrário".

A cantora também se definiu como "plena", e disse que acha o processo de envelhecimento bonito. "Tudo bem se cuidar, fazer tratamentos estéticos, mas as mulheres não precisam entrar nos padrões que impuseram a elas. Nossa pele envelhece e tem beleza nisso", refletiu.

Ícone de beleza?

Claudia rejeitou o rótulo de inspiração de beleza, embora tenha dito que "acha massa" ouvir elogios: "Tenho meus limites para me cuidar. Não me sacrificaria, não deixaria de estar com meus filhos nas férias para fazer procedimentos mais invasivos no meu corpo, por exemplo".

O exemplo da cantora é a mãe, que sempre teve "uma relação muito saudável com a vaidade". "Não quero abdicar de nada em prol da minha beleza. Acho que as mulheres que se sentem pressionadas a estarem bonitas precisam se gostar, antes de tudo", disse.

"As mulheres me veem na capa da revista gatinha, arrumada, mas, na verdade, me arrumo porque é minha profissão mesmo. As mulheres não têm obrigação de ser assim não, de se arrumar todo dia. Tenho meus dias de quarentena aqui, de pijamão, de cabelo em pé. Não se baseiem por isso", completou.

Autoestima