PUBLICIDADE

Topo

Autoestima

'Alisava o cabelo para ficar igual minhas amigas', diz atriz de 13 Reasons

Alisha Boe posa com seus cachos naturais - Reprodução/Instagram
Alisha Boe posa com seus cachos naturais Imagem: Reprodução/Instagram

De Universa, em São Paulo

10/07/2020 08h16

Alisha Boe, a Jessica Davis de "13 Reasons Why", falou à Vogue sobre sua experiência de autoestima e beleza como mulher birracial. O pai da atriz é negro, de descendência somáli, e a mãe branca, de família norueguesa — Alisha nasceu na Noruega e se mudou aos seis anos para os EUA.

A atriz disse que "não tinha ninguém com quem se identificar" na vizinhança majoritariamente branca onde vivia em Los Angeles, e que também via poucos exemplos de mulheres como ela na mídia.

"Eu não sentia que o meu cabelo era bonito, por exemplo. Sempre queria alisá-lo para ficar igual ao das minhas amigas brancas. Ainda tinha que lidar com os meninos fazendo comentários racistas, como: 'Você é bonita para uma garota negra'", contou ela.

Como Alisha explicou, a frase superficialmente inofensiva carregava uma implicação desmoralizante: "Ouvindo isso, eu pensava: 'Ah, então as pessoas negras não são bonitas, mas eu sou a exceção, porque tenho traços caucasianos também'".

Livrar-se dessa percepção de beleza foi difícil, mesmo com o amadurecimento. "Foi todo um processo de desaprender muitas coisas, além de encontrar pessoas parecidas comigo e aprender sobre a minha cultura, como uma mulher africana, reconhecer a beleza nela", disse.

"Quando você é uma minoria crescendo em um lugar onde ninguém é parecido com você, há muitas diferenças culturais que precisa ensinar a si mesmo, o que é difícil. É uma experiência de aprendizado constante", completou.

Autoestima