PUBLICIDADE

Topo

Quarto dia do Universa Talks debate políticas de inclusão e equidade

Joana Mendes, Andreia Dutra, Maite Schneider e  Andrea Cruz participam do quarto dia do evento - Arte/UOL
Joana Mendes, Andreia Dutra, Maite Schneider e Andrea Cruz participam do quarto dia do evento Imagem: Arte/UOL

Lia Rizzo

Colaboração com Universa

09/07/2020 23h07

Já é consenso que a diversidade só traz benefícios para as corporações, inclusive financeiros. Conforme pesquisa da McKinsey, empresas com maior pluralidade em seus times alcançam resultados até 21% maiores que aquelas em que esta não é uma prioridade. Já em companhias com mais diversidade étnica e cultural, os lucros chegam a ser 33% maior. Ainda assim, a jornada por oportunidades iguais parece ser longa, conforme será debatido no quarto dia do Universa Talks.

Publicitária, reconhecida como umas das 30 jovens que mais lutaram para mudar a indústria da comunicação em 2019, Joana Mendes abre a programação com um speech sobre sua trajetória. Natural de Rondônia, ela já trabalhou em muitas das grandes agências de publicidade do país. Ainda que a população negra represente 54% dos brasileiros e brasileiras, é uma das menos representadas na publicidade. Adicionalmente, a participação de atores negros em peças publicitárias está quase sempre condicionada a estereótipos.

Incomodadas com a falta de representatividade, Joana e um grupo de amigas negras se juntaram para criar, há pouco mais de um ano, um banco de imagens todo feito por profissionais negras — das que estavam nos bastidores às que posaram para fotos, como a própria Joana. O banco recebeu o nome de Young Gifted and Black, uma alusão à canção da artista norte-americana Nina Simone, considerada o hino dos direitos civis americanos.

Avançar é preciso

Após o speech de Joana, Andressa Rovani, editora do Universa, media painel sobre diversidade nas corporações.

Universa Talks - mulher no mercado de trabalho - dia 04 - Arte/UOL - Arte/UOL
O painel do dia debaterá a diversidade nas corporações
Imagem: Arte/UOL

Entre os principais questionamentos estarão a efetividade das políticas de inclusão antes da pandemia, o que faltava para ampliar a pluralidade no mercado e como será fundamental trabalhar pela promoção da diversidade no pós pandemia.

Já é observada uma queda nos empregos entre mulheres negras e outros grupos classificados como minorias. Para estes profissionais, além de retornar ao mercado de trabalho, serão necessárias ações reais para que todos alcancem oportunidades iguais de ascender ou se desenvolver como seus pares.

Integram a mesa virtual Andréa Cruz, CEO da SERH1 Consultoria, Maite Schneider co-fundadora da plataforma Transempregos (primeira iniciativa dedicada a colocar profissionais trans no mercado formal de trabalho) e Andreia Dutra, presidente da Sodexo On-Site Brasil.

Universa Talks será realizado dos dias 13 a 17 de julho, sempre às 10h30. Acompanhe pela home do UOL, pelo Youtube, Twitter ou Facebook de Universa. Não é necessária inscrição.

Confira a programação completa do evento.