PUBLICIDADE

Topo

Londres: centenas protestam contra legislação que prejudica pessoas trans

Protesto em Londres (Reino Unido) advoga por direitos de pessoas transgênero - Reprodução/Twitter
Protesto em Londres (Reino Unido) advoga por direitos de pessoas transgênero Imagem: Reprodução/Twitter

De Universa, em São Paulo

06/07/2020 08h14

Centenas de ativistas se reuniram no último sábado na praça do Parlamento, em Londres (Reino Unido), para protestar contra mudanças propostas na legislação britânica que prejudicariam pessoas transgênero. A informação é do "London Evening Standard".

O governo do Reino Unido está avaliando uma proposta que impediria pessoas transgênero de pedir a mudança de documentos oficiais, como a certidão de nascimento e o cartão de identidade, sem um diagnóstico médico oficial.

O direito à mudança do gênero nos documentos foi ratificado durante o governo da ex-primeira ministra Theresa May. A nova proposta também coloca "medidas de segurança em locais de acesso exclusivamente feminino" (de banheiros a abrigos reservados para mulheres) que impediriam a entrada de pessoas trans.

Reivindicações

Os organizadores do protesto descreveram sete exigências ao governo britânico — lista que incluía, mas não se limitava, à proteção ao direito de autoidentificação. Eles também pediram, por exemplo, pelo reconhecimento e promoção oficiais, por parte do governo, de "espaços de gênero neutro e inclusivos".

No Facebook, os responsáveis pelo protesto explicaram por que consideram as mudanças na lei propostas pelo governo discriminatórias: "Nós [pessoas trans] estamos usando espaços como banheiros de acordo com a nossa identidade de gênero há anos, sem nenhum incidente".

De acordo com uma fonte próxima ao governo, o primeiro-ministro Boris Johnson terá a última palavra na aprovação ou rejeição das mudanças legislativas.

Diversidade