PUBLICIDADE

Topo

Autoestima

MC Loma fala sobre ataques virtuais: 'Gorda e feia. Por que não se mata?'

MC Loma sofreu ataques na internet - Reprodução / Instagram
MC Loma sofreu ataques na internet Imagem: Reprodução / Instagram

Ana Bardella

De Universa

01/07/2020 13h45

MC Loma usou as redes sociais para desabafar sobre ataques que recebeu por postar uma foto em que aparece de biquíni. Pelo Instagram, seguidores xingaram a cantora por causa do peso. "Postei a foto e fui tomar um banho. Quando voltei, meu celular estava cheio de comentários. Um deles dizia: 'Você é muito gorda e feia, por que não se mata?'. Achei aquilo horrível", relembra a jovem em entrevista à Universa.

Assim que percebeu o que estava acontecendo, Loma, que tem mais de 6 milhões de seguidores na rede social, gravou um vídeo de resposta aos ataques. "Infelizmente eu sou humana e isso mexe muito comigo", declarou:

A adolescente garante que esta não foi a primeira vez que lidou com este tipo de comentário. Ela, que ganhou visibilidade nas redes sociais aos 15 anos com a música 'Envolvimento', gravada em parceria com as Gêmeas Lacração, diz que assim que o número de seguidores aumentou, o preconceito surgiu com mais força.

"Era tão novinha que nem entendia, dava risada. Só depois, quando a proporção aumentou, é que entendi de verdade. Antigamente já começava logo a chorar ao ler esse tipo de coisa, ficava muito triste. Hoje continuo inconformada, mas sei que existem pessoas maldosas e infelizmente vou ter que lidar com isso", diz.

O que mais incomoda? "Estou levando minha vida, mostrando que a gente tem que se amar do jeito que é, fazendo minhas músicas e tem gente que nem está prestando atenção", reflete.

"Não pode passar batido"

Uma publicação compartilhada por Paloma Santos (@mclomaofficial) em

Loma acredita que este tipo de ataque não pode ficar impune. "Como uma pessoa famosa, não posso deixar de falar do assunto. Imagina se alguém com depressão recebe uma mensagem de alguém criticando seu corpo, dizendo 'se mata'? As mulheres precisam saber que são perfeitas do jeito que são e aprenderem a não se abalar com isso, não se importar quando alguém falar da barriga, do olho, do cabelo. Só o que importa é estarmos bem conosco mesmas".

Autoestima