PUBLICIDADE

Topo

Após agredir a namorada, homem vai à delegacia e pede para ser preso

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito de agredir a namorada foi ouvido e, em seguida, liberado - Getty Images/iStockphoto
De acordo com a Polícia Civil, o suspeito de agredir a namorada foi ouvido e, em seguida, liberado Imagem: Getty Images/iStockphoto

De Universa, em São Paulo

29/06/2020 13h39

Um homem de 35 anos foi ontem até a delegacia e pediu para ser preso depois de agredir a namorada em Minas Gerais. De acordo com militares envolvidos na ocorrência, o acusado afirmou que a agressão ocorreu por ele perder o controle após a vítima pedir-lhe para não sair de casa para comprar mais bebida alcoólica. Depois da agressão, o homem se encaminhou a 40ª companhia da PM (Polícia Militar) e pediu para ser preso, afirmando não desejar mais agredir a mulher.

Além de se denunciar, o homem informou o endereço da vítima à polícia, que se deslocou até a residência onde encontraram a mulher, de 18 anos, que confirmou a agressão e decidiu abrir queixa contra o agressor. Ambos foram levados à delegacia onde o caso foi registrado.

Aos policiais, o suspeito disse que a agressão ocorreu por ele ter perdido o controle. Os PMs que atenderam a ocorrência disseram que o homem aparentava estar muito alterado.

Ao dar mais detalhes do caso, a jovem disse que o namorado ingeriu uma alta quantidade de bebida alcoólica e, quando lhe contou que sairia para comprar mais, ela lhe pediu para que não saísse. Nesse momento, o acusado a empurrou e foi contido por familiares da vítima.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito foi ouvido e, em seguida, liberado. "O fato está sendo investigado e todas as medidas cabíveis estão sendo realizadas. O caso segue em segredo de Justiça e mais informações só serão repassadas em momento oportuno", afirmou a corporação em nota.

Violência contra a mulher