PUBLICIDADE

Topo

Sol em Câncer, início do inverno, eclipse: tudo de uma vez! Entenda efeitos

Sol e Lua no setor de saúde pública destacam a importância do tema durante o inverno todo - TheRabbitHolePictures/Getty Images/iStockphoto
Sol e Lua no setor de saúde pública destacam a importância do tema durante o inverno todo Imagem: TheRabbitHolePictures/Getty Images/iStockphoto

Camila Eiroa

Colaboração para Universa

20/06/2020 04h00

Neste sábado, 20 de junho, o Sol entra em Câncer às 18h43 pelo horário de Brasília. O mapa do ingresso solar no signo do caranguejo abre o inverno no Brasil e, segundo Barbara Abramo, coloca no ascendente do país o signo de Capricórnio, o mesmo de quando o Sol entrou em Áries, na entrada do outono, em março. O fato, diz a astróloga, é muito raro e promete potencializar inclusive os próximos dias, já que teremos mais eclipses pela frente.

"Todo mapa astral de início de estação mostra o tom geral e a dinâmica que pode ser esperada durante os três meses de duração da estação em si. No caso do inverno, essas informações mostram as influências dos próximos três meses. A chance de repetir o mesmo ascendente em um mapa de mudança de estação é 1 para 12. No mesmo grau, então, temos 1 chance entre 360", conta Barbara.

E quais influências são essas? A astróloga diz que, por ser Capricórnio um signo de estruturas e responsabilidades, esses assuntos ficam em alta. Será preciso redobrar a atenção e buscar mais segurança. "Além disso, Mercúrio se encontra em posição destacada no mapa, evidenciando a importância e o impacto de discussões, conversas e movimentos sociais. Esses fatores podem refletir, inclusive, em uma negação das diretivas gerais de isolamento e cuidados contra a pandemia."

Para completar o cenário, Júpiter, Saturno e Plutão sinalizam um período de restrições, em que a responsabilidade social estará em evidências. Atitudes mais comedidas devem ser tomadas no comércio e nos negócios em gerais. Se tudo for bem planejado e com cautela, podemos ter menos perda em relação à estação anterior — o outono.

Semana astrológica, chegada do inverno: impactos

Saúde

Sol e Lua no setor de saúde pública destacam a importância desse setor no inverno todo. "A Lua, simbolizando o emocional coletivo e a população em geral, em Gêmeos, denota uma postura inquieta, sendo mais um sinal de insatisfação e movimento nas ruas. Traz uma atitude não apenas inquieta, mas também agressiva e beligerante, pois a Lua aspecta Marte e Netuno", analisa a astróloga.

Em sua interpretação dos astros, desorientação, informações incertas que enraivecem e desesperam estão no cenário astral também. Isso porque Marte e Netuno estão no setor da comunicação do mapa do ingresso em Câncer. Até setembro, é melhor ter cautela com informações orientações gerais de saúde. Outro setor que é importante ter mais atenção é o de trabalho.

Eclipse

Poucas horas depois de o Sol entrar em Câncer, acontece um eclipse solar, às 03h41 do dia 21, pelo horário de Brasília. Será um eclipse total do Sol, marcando o solstício do inverno, a 0 grau de Câncer. Mesmo não visível na América do Sul, podemos sentir seus efeitos.

O primeiro deles é a sensação de que alguns acontecimentos podem nos bloquear individualmente, diminuindo nossa vitalidade perante aos fatos. Dentro dessa sensação de estar bloqueado, a gente tende a julgar as coisas de uma maneira errada e acessar as situações de uma forma equivocada

O fenômeno ativa desafios do governo e reforça o entrosamento entre judiciário e legislativo. É uma fase em que decisões ficam arriscadas e as relações oscilantes, cenário contribuído por Vênus retrógrado. Ele faz parte da série que começou no dia 5 deste mês e termina no dia 5 de julho, com outro eclipse que promete afetar negativamente o mapa astral dos Estados Unidos.

Alto Astral