PUBLICIDADE

Topo

Moda

Victoria Beckham diz que usava roupas muito justas por insegurança

Victoria Beckham disse que seu estilo evoluiu ao longo dos anos - Reprodução/Instagram @victoriabeckham
Victoria Beckham disse que seu estilo evoluiu ao longo dos anos Imagem: Reprodução/Instagram @victoriabeckham

De Universa, em São Paulo

15/06/2020 08h49

A eterna Posh Spice, Victoria Beckham, deu uma longa entrevista à Elle britânica sobre a evolução do seu estilo ao longo dos anos e afirmou que as roupas muito justas, usadas por ela na época das Spice Girls, eram um sinal de insegurança.

A estilista conta que na época em que cantava no grupo, havia um grupo de profissionais designados para cuidar das roupas das meninas. "Eu costumava usar muitos vestidos estruturados com espartilho, e eu ainda tenho alguns desses vestidos, mas o meu estilo pessoal se mostrou mais relaxado", explicou Victoria.

"Olho para trás, eu acho que era um sinal de insegurança que eu sempre usava roupas que eram tão apertadas, tão justas", relatou.

Com o passar do tempo, a estilista foi ganhando confiança e sente que não se veste mais com a intenção de precisar provar alguma coisa. "Eu sei o que funciona em mim, o que fica bom, o que me faz sentir confiante e confortável. Eu não sinto que tenho nada a provar na maneira que eu me visto."

A Posh Spice tem passado a quarentena com o marido David Bekcham e os três filhos mais novos do casal: Romeo, de 17 anos; Cruz, de 15 anos; e Harper, de 8 anos. Confinada em casa, Victoria disse que ainda não se rendeu aos pijamas e roupas mais soltinhas.

"Eu adoraria dizer que meu look de lockdown tem sido um katfan vintage, mas não é o caso", disse. "Eu ainda acordo cedo e faço exercícios todos os dias, então eu me visto para trabalho e para me sentir confortável", explicou.

"Um par de jeans antigos, uma camiseta ou uma jardineira. Eu ainda não cheguei na fase das roupas de cós elástico — eu quero me sentir bem comigo mesma", brincou Victoria.

Ela confessou que os únicos sapatos que tem colocado nos pés são um par de tênis para caminhada. "É tão legal fazer coisas apenas com a sua família e não pensar demais no que vestir. Então, definitivamente sem salto alto", contou.

Apesar de ter estar curtindo passar mais tempo com a família, a estilista disse que está ansiosa para voltar ao seu ateliê e retomar a rotina. "Tem tanta coisa que você pode fazer digitalmente agora, mas em algum momento você precisa ser capaz de colocar suas mãos nas roupas."

"Eu sinto falta de me vestir. Um almoço num pub com família e amigos, algumas taças de vinho. Estou muito grata pelo tempo em família, mas eu estou pronta para ser um pouco sociável agora", declarou.

Moda