PUBLICIDADE

Topo

Universa

Ator pede para SAG Awards acabar com premiações por gênero

Asia Kate Dillon - Reprodução/IMDB
Asia Kate Dillon Imagem: Reprodução/IMDB

De Universa, em São Paulo

15/06/2020 11h24

O ator Asia Kate Dillon, que foi a primeira pessoa não-binária a interpretar um personagem não-binário em sua série de TV, afirmou que as premiações que dividem os atores em categorias por gênero são "uma forma de discriminação".

Dillon, que deu vida ao personagem Taylor Mason em "Billions", escreveu uma carta direcionada ao comitê que organiza o SAG Awards, um dos principais prêmios da TV nos Estados Unidos.

"Suas categorias atuais não apenas apagam identidades não-binárias, limitando os artistas a se identificarem como homens ou mulheres (que nem todos os membros do SAG, como eu, fazem), eles também servem como um endosso do binário de gênero em geral, que defende ativamente outras formas de discriminação, incluindo racismo, patriarcado e violência de gênero", afirmou na carta.

Dillon disse ainda que se sentiu "respeitade" (palavras terminadas em "E" são a forma sem gênero usada por ativistas da causa) quando foi indicade ao prêmio de Melhor Ator Coadjuvante no Critics 'Choice Awards de 2017 porque a palavra ator é uma palavra neutra.

Assim, Dillon pede que a premiação adote nova postura e "tome medidas imediatas para combinar seus prêmios de atuação em categorias de gênero neutro".

Não-binário é uma pessoa que não se enquadra nos estereótipos de gênero feminino ou masculino. Em geral, essas pessoas preferem ser tratadas com pronomes e adjetivos neutros.

Universa