PUBLICIDADE

Topo

Diversidade

Ex-'Riverdale' opina sobre personagens negros na série: 'Sempre figurantes'

A atriz Asha Bromfield - Reprodução/IMDb
A atriz Asha Bromfield Imagem: Reprodução/IMDb

De Universa, em São Paulo

11/06/2020 13h09

A atriz Asha Bromfield, que interpretou a personagem Melody em alguns episódios de "Riverdale", se pronunciou sobre o tratamento de personagens e atores negros na série. Asha participou de uma live no perfil da colega de série Lili Reinhart (Betty Cooper) no Instagram.

"Ao mesmo tempo em que fazer parte de 'Riverdale' foi profundo, histórico e excitante para mim como uma atriz negra, também foi devastador", disse. "Nós [os personagens negros] somos sempre figurantes, ficamos calados e fazemos poses. Ou, quando somos incluídos, é sempre para apoiar os personagens brancos".

"Eu sou muito mais do que o suporte de alguém. As pessoas negras em geral são muito mais do que o suporte de alguém. [O que a série faz] é perpetuar uma mensagem tóxica de que há menos validade na minha vida do que na sua", comentou, se referindo a Lili.

A atriz apontou que o problema não está só em "Riverdale", mas em todo lugar. "É muito mais do que só uma série. Esta é uma conversa maior sobre como podemos humanizar pessoas negras em todas as capacidades na mídia", declarou.

Críticas e promessas

A questão da diversidade na série inspirada nos quadrinhos de "Archie" surgiu após a atriz Vanessa Morgan (Toni Topaz) desabafar no Twitter, se dizendo "cansada" da forma como personagens negras são retratadas na mídia.

"Estou cansada de sermos usados como personagens de apoio sem dimensão para protagonistas brancos, ou de apenas aparecermos nos anúncios, por diversidade, mas não na série", escreveu.

Em resposta, o criador de "Riverdale", Roberto Aguirre-Sacasa, prometeu fazer melhor daqui para frente.

"Nós amamos Vanessa. Ela está certa. Lamentamos e fazemos a mesma promessa a vocês que fizemos a ela. Faremos melhor para honrá-la e a personagem que ela interpreta, assim como todos os nossos atores e personagens negros", disse.

Diversidade