PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Youtuber famosa ao adotar menino autista deixa o filho com nova família

Em fevereiro, Myka já havia feito publicações falando sobre as dificuldades de se lidar com o autismo - Reprodução/Instagram @mykastauffer
Em fevereiro, Myka já havia feito publicações falando sobre as dificuldades de se lidar com o autismo Imagem: Reprodução/Instagram @mykastauffer

Do UOL, em São Paulo

28/05/2020 15h14

Depois de fazer sucesso no YouTube fazendo vídeos sobre o processo de adoção de um menino autista trazido da China, a blogueira Myka Stauffer anunciou que decidiu entregar o filho para uma nova família.

A notícia foi dada no canal do casal em um vídeo. James disse que Huxley, a criança autista trazida da China, tinha uma série de necessidade especiais as quais eles não sabiam até a chegada dele em casa.

"Depois de muitas avaliações, inúmeros médicos sentiram que ele precisava de um encaixe diferente nas suas necessidades médicas", disse Myka, que adiantou que Huxley demonstrava estar mais feliz quando tinha contato familiar com outras pessoas.

"Ele está super feliz, está indo bem, e sua nova mãe tem treinamento médico profissional", contou a blogueira.

A decisão acendeu o debate sobre os direitos de imagem infantis, já que o menino Huxley teve sua vida documentada no YouTube por uma família que não é mais a sua. Myka, por sua vez, teve sua ética questionada por fãs que viram seu canal explodir muito por conta da história do processo de adoção internacional.

O processo de adoção

Myka e o marido já possuíam um canal no YouTube desde 2014 para compartilhar a rotina da família. Mas somente em 2016 eles anunciaram que estavam em um processo de adoção de um menino chinês e, a partir daí, o número de seguidores foi se multiplicando.

O casal até chegou a fazer campanhas de financiamento coletivo pelo canal e levantou dinheiro — que eles alegavam ter como destino o pagamento das custas do processo, como viagens e trâmites judiciais.

A fama levou a blogueira a escrever artigos sobre adoção e cuidados com uma criança autista. Na época, ela chegou a dizer que o quadro das necessidades especiais de Huxley era "inexato".

"Ele é uma ótima criança e sua condição não envolve tanto cuidado extra — tudo o que você precisa é de um grande coração e praticar paciência todos os dias" escreveu Myka à Parade.

Mas, com a virada do ano, os seguidores da família começaram a perceber que os posts envolvendo Huxley estavam ficando cada vez mais raros.

Em fevereiro, Myka fez um post no Instagram falando sobre as dificuldades com crianças que demandam necessidades especiais.

"Nas redes sociais e no YouTube nós raramente mostramos os comportamentos e coisas difíceis, porque nós tentamos ao máximo respeitar a privacidade e a dignidade dos nossos filhos", escreveu. "Nós temos dias difíceis, muitos deles. Eu quero que autismo e trauma de adoção viessem com um manual para te fazer atravessar tudo isso."

Mães e filhos