PUBLICIDADE

Topo

Trabalhadoras da saúde têm mais chance de infecção por EPI de tamanho maior

iStock
Imagem: iStock

De Universa, em São Paulo

07/05/2020 12h13

Trabalhadoras do NHS, o serviço público de saúde da Inglaterra, estão sob maior risco de serem contaminadas pelo novo coronavírus por causa do tamanho inadequado de equipamentos de proteção individual, os EPIs.

Segundo o jornal britânico The Independent, sindicatos e organizações médicas alertaram que os EPIs tendem a ser projetados para o tamanho e formato dos corpos masculinos, embora a maioria dos trabalhadores do NHS (75%) seja composta por mulheres.

Sarah Hallett, funcionária sênior da British Medical Association, disse ao jornal que a escassez de EPIs de tamanho correto para mulheres está colocando em risco tanto as trabalhadoras de saúde quanto seus pacientes.

"Os aventais estão disponíveis em um tamanho. Esse tamanho é XXL, portanto não pode atender a todos os tamanhos de corpo. Isso é generalizado em todos os lugares em que trabalhei. É um problema contínuo. Precisamos ver máscaras, aventais e viseiras de tamanho correto. Quando diz unissex, muitas vezes foi projetado em torno de uma forma masculina europeia americana. É uma situação frustrante para as pessoas estarem e é um problema evitável", disse Hallett, que é médica e trabalha com pacientes com covid-19

Ela acrescentou que a questão está colocando as vidas das mulheres em risco e poderia levar a que mais mulheres morressem desnecessariamente em decorrência da covid-19. A crise de saúde já matou mais de 150 profissionais de saúde do NHS, mas espera-se que o número real seja substancialmente maior.

Direitos da mulher