PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

EUA: Professora brasileira cuida de bebê cuja família pegou coronavírus

Luciana Lira segura Neysel - Reprodução/TV Globo
Luciana Lira segura Neysel Imagem: Reprodução/TV Globo

De Universa, em São Paulo

04/05/2020 10h53

Depois que todos os integrantes da família de um de seus alunos foram infectados pelo novo coronavírus, a professora Luciana Lira, que vive nos Estados Unidos, se ofereceu para cuidar do caçula, um bebê recém-nascido.

Em entrevista ao Fantástico, da TV Globo, ela contou que recebeu a ligação de Zully, mãe de Junior, de sete anos, um de seus alunos, dizendo que estava no hospital com covid-19 e se sentia muito mal no dia 1º de abril. A mulher pediu que Luciana ajudasse o filho e o marido. A família é da Guatemala e vive nos Estados Unidos há menos de um ano.

Marvin, marido de Zully, explicou à professora que a esposa precisaria ser submetida a uma cesária de emergência. Neysel nasceu sem o coronavírus, mas o estado de saúde de sua mãe se agravou muito e ela ficou 21 dias em coma.

Como Marvin e Júnior também pegaram o coronavírus, Luciana decidiu levar o bebê para sua casa e cuidar dele. O enxoval foi feito com a ajuda de vizinhos, que doaram suprimentos e dinheiro.

Zully já deixou o hospital, mas ainda está debilitada. Até agora ela só viu o filho pela internet. "Quero ficar com ele, abraçar, porque não pude abraçar no hospital", contou ela à emissora.

Apesar do ato de solidariedade, Luciana rejeita o rótulo de heroína. "Não tenho nada de heroína, sou só uma professora", diz.

Mães e filhos