PUBLICIDADE

Topo

Mulheres inspiradoras

Emma Watson faz 30: veja 5 motivos pra dar os parabéns

A atriz Emma Watson é militante feminista e defensora dos direitos das mulheres - Reprodução/Instagram
A atriz Emma Watson é militante feminista e defensora dos direitos das mulheres Imagem: Reprodução/Instagram

De Universa

15/04/2020 12h57

A atriz Emma Watson faz 30 anos hoje, 15 de abril, e merece ser homenageada não só pelo aniversário, mas por todas as suas ações em defesa dos direitos das mulheres.

De discurso na ONU (Orgânica das Nações Unidas) e apoio ao aborto legal à distribuição de livros feministas nas estações de metrô de Londres, Emma conseguiu ser muito mais do que a intérprete de Hermione, da saga "Harry Potter".

Hoje, ela é uma mulher que se faz ser ouvida, não tem medo de apoiar causas polêmicas e se posicionar e sabe do poder de influência que tem nas novas gerações.

Relembre cinco fatos da vida dela que nos dão vontade de dizer: "Emma, você está de parabéns!"


1. Ela decidiu ser "parceira de si mesma"em vez de solteira


No final do ano passado ela disse em entrevista a Vogue britânica que prefere usar o termo "parceira de si mesma" em vez de solteira.

Na explicação, exaltou o amor próprio e o autoconhecimento e falou sobre como é importante se ter como a melhor companhia.

"É muito mais sobre o seu relacionamento consigo e sobre o sentimento de que você não é deficiente porque não está com alguém", disse.

2. Aproveitou a fama para fazer o feminismo chegar mais longe

Já faz alguns anos que Emma usa suas redes sociais e as entrevistas que dá para levar à palavra do feminismo às fãs, muitas delas jovens que a conhecem por causa da personagem Hermione. Só no Instagram, são 56 milhões de seguidores.

Nos posts e nas suas falas, estão ali mensagens de empoderamento e autoestima. Além de tudo, fala com bastante responsabilidade e elegância: cita livros, reportagens e autores ligados à causa, mostra sua ações em eventos pelo mundo e exalta iniciativas que considera importantes — e aproveita para elogiar outras mulheres.

Além disso, como embaixadora da ONU Mulheres, ela fez um discurso que viralizou em 2014, e até hoje é lembrado, que tocou várias meninas que não conheciam o feminismo. Também foi importante pois lançou a campanha He for She ("Ele por Ela), da ONU, em que convocava os homens de todo o mundo a se engajarem na causa dos direitos femininos.

3. E suas ações para disseminar o movimento são muito criativas

Não é apenas em discursos importantes ou entrevistas que Emma consegue influenciar as pessoas. Recentemente, ela fez uma ação bem criativa.

Emma espalhou cem exemplares do livro "Mom & Me & Mom", de Maya Angelou, uma das mais importantes escritoras americanas e ativista negra.

Também criou um clube do livro feminista chamado Our Shared Shelf (Nossa Estante Compartilhada, em tradução livre). Além das obras voltadas ao tema, ela conversa com nomes importantes da literatura.


4. Ela exalta o movimento LGBT (como todos nós deveríamos fazer)

Emma costuma falar sobre direitos LGBT e não deixa de exaltar a importância do movimento. "Aprendi muito através do trabalho de ativistas LGBT", escreveu em seu Instagram.

Ela também citou as pessoas que admira para que fiquem mais conhecidas. Agradeceu especificamente à ativista transexual Sylvia Rivera, à escritora lésbica Audre Lorde e à drag queen Marsha P. Johnson.

5. Sem medo de polêmica, defende o direito da mulher de interromper a gravidez

Emma levanta a bandeira dos direitos reprodutivos femininos com bastante convicção. Apesar de ser uma das mais polêmicas no feminismo, a atriz reconhece a importância da causa e usa sua voz para divulgar informações importantes.

Em 2018, por exemplo, se pronunciou sobre o referendo na Irlanda que tratava da legalização do aborto no país.

"Um voto pela liberdade de escolha, um voto pelos direitos das mulheres, um voto pelo controle das mulheres sobre seus corpos, um voto pela saúde e segurança das mulheres, um voto pela igualdade. Pensando na Irlanda. #juntospelosim", escreveu em seu Twitter

Mulheres inspiradoras