PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Mulher hospitalizada com covid-19 dá à luz durante coma induzido

Americana com coronavírus deu à luz mesmo sedada - iStock
Americana com coronavírus deu à luz mesmo sedada Imagem: iStock

De Universa, em São Paulo

13/04/2020 19h19

O caso de uma paciente com coronavírus em Washington, nos Estados Unidos, atraiu a atenção dos médicos no último mês: grávida, ela deu à luz enquanto estava entubada e em coma induzido.

Angela Primachenko, de 27 anos, estava na 33ª semana de gestação quando identificou os primeiros sintomas de covid-19, conta a Today. Após ter recebido diagnóstico positivo para o coronavírus, no dia 24 de março, ela foi internada no hospital Legacy Salmon Creek Medical Center, sendo encaminhada direto para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e auxiliada por ventiladores mecânicos.

Diante da piora do quadro, a equipe médica que cuidava de Angela determinou que ela fosse sedada — ou seja, aplicada a um coma induzido. No entanto, poucos dias depois, ela deu à luz naturalmente à sua filha, Ava. A criança não foi diagnosticada com coronavírus.

Ainda segundo a Today, pouco após o parto Angela apresentou melhoras no quadro de saúde. No dia 6 de abril, deixou de usar os ventiladores mecânicos e recebeu alta neste fim de semana.

"Me sinto um milagre ambulante", disse ela à publicação. "É algo extremamente fascinante".

Apesar de ter sido autorizada a cumprir isolamento em casa, Angela terá de apresentar dois resultados negativos no teste de detecção de coronavírus antes de poder segurar sua filha no colo. A criança continua na ala pré-natal da unidade de saúde.

Mães e filhos