PUBLICIDADE

Topo

Universa

Artistas discutem como lidar com a angústia dos filhos durante a quarentena

Da Universa

10/04/2020 14h27

Durante participação no UOL Debate, Carolinie Figueiredo (atriz e educadora parental), Marcos Mion (apresentador), Maria Ribeiro (atriz), Sheron Menezzes (atriz) e Tati Bernardi (escritora e roteirista) falaram sobre a experiência com os filhos durante o isolamento social e suas dificuldades. Um dos assuntos abordados foi a angústia das crianças nesse período e como lidar com esses sentimentos.

"Eu tive uma conexão muito bonita com Bruna, minha filha", disse Carolinie. "Ela me viu chorando enquanto eu cozinhava e começou a chorar muito. Ela disse: 'Tô sentindo falta de algo que eu nem sei o que é'. Ela não conseguia nomear se era falta da escola ou dos amigos, mas achei essa conexão muito bonita". Sheron concordou, explicando que o filho também sente muita falta dos colegas. "Ele está sentindo saudades da escola, mas a gente monta um bloco. Ele está falando muito mais agora, inclusive sobre coisas que eu não reparava."

Para Mion, o que complicou ainda mais a experiência do isolamento social foi a velocidade com que tudo aconteceu. "Nenhum extremo é inteligente e saudável, e nós vivemos isso [isolamento] de um dia para o outro. Meus filhos sentem falta dos avós, dos amigos. Tudo isso foi ceifado do dia para a noite". O apresentador ainda revelou como pretende agir com as crianças após esse período. "Quando o isolamento afrouxar, espero que consigamos ter um meio-termo para que eles tenham o mesmo contato com a gente e com o mundo exterior. É interessante buscarmos esse equilíbrio."

Universa