PUBLICIDADE

Topo

Ana Maria Braga surge com olho roxo para alertar sobre violência doméstica

Ana Maria Braga com olho roxo em post no Instagram - Reprodução/Instagram
Ana Maria Braga com olho roxo em post no Instagram Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para Universa, em São Paulo

06/04/2020 18h34

Ana Maria Braga deu um susto em seus seguidores no Instagram. No fim da tarde de hoje, a apresentadora do Mais Você apareceu em uma foto ostentando um olho roxo, como se tivesse sido vítima de uma agressão.

Na legenda, porém, ela explicou que na verdade, trata-se de uma campanha para conscientizar as pessoas sobre a violência doméstica. "O olho roxo é para chamar a sua atenção mesmo. Para uma situação que acontece e tem piorado durante a quarentena: a violência doméstica contra a mulher", escreveu Ana na legenda.

Na sequência, a apresentadora falou sobre o trabalho de uma ONG que protege as mulheres e pediu ajuda para que ela possa continuar oferecendo os serviços. "Eu sou apoiadora fixa do Bem Querer Mulher, programa que oferece todo o suporte que a mulher nessa situação precisa. Seja você também um doador e ajude o Bem Querer Mulher a continuar funcionando", finalizou.

Ana Maria é conhecida por dar suporte a várias campanhas contra a violência doméstica. No ano passado, ela chamou para seu programa a culinarista Palmirinha, que durante anos foi vítima de um marido abusivo. Ao sair daquela situação, ela precisou criar as três filhas sozinha. Na conversa, elas se emocionaram bastante. Palmirinha procurava as palavras para falar do ex quando Ana Maria falou "na lata": "Fala a verdade, ele já morreu!".

Todas as vítimas de violência doméstica podem ser amparadas pela Lei Maria da Penha, que se aplica a mulheres no ambiente doméstico e familiar, ou em relações íntimas de afeto. Quem quiser fazer uma denúncia pode ligar para a Central de Atendimento à Mulher no número 180 ou pelo e-mail ligue180@mdh.gov.br, ou procurar as Delegacias de Defesa da Mulher (DDM).

A ONG Bem Querer Mulher, que tem Ana Maria como parceira, mantém um site na web para quem quiser fazer doações e colaborar, o www.bemquerermulher.org.br/site/participe.

Violência contra a mulher