PUBLICIDADE

Topo

Sexo

Bissexualidade existe ou é só uma fase de dúvida? Entenda

"Bissexualidade não é dúvida", afirma a sexóloga Ana Canosa no novo episódio do podcast Sexoterapia - iStock
"Bissexualidade não é dúvida", afirma a sexóloga Ana Canosa no novo episódio do podcast Sexoterapia Imagem: iStock

de Universa

30/03/2020 04h00

"Bissexualidade existe como orientação sexual? Somos todos um pouco bi?" Essas são algumas das dúvidas mais recorrentes em relação à bissexualidade, tema discutido no podcast Sexoterapia. A resposta para a primeira pergunta é sim, segundo a sexóloga e apresentadora Ana Canosa.

"Bissexualidade existe como orientação sexual, não é uma fase nem dúvida. E ser bi não é necessariamente ter 50% de atração pelos dois gêneros. É possível tender mais para um lado que para o outro", afirmou, no episódio que você pode ouvir abaixo.

Somos bissexuais por natureza?

Ainda não existe um consenso científico para a questão, que já foi investigada por especialistas de diferentes áreas, em diferentes épocas. O psicanalista austríaco Sigmund Freud ajudou a popularizar essa ideia no começo do século 20, com publicação da obra "Três ensaios sobre a teoria da sexualidade", em 1905.

"Ele deixava no ar a ideia de que nossa psique nasceria flex, e que ao longo do processo de desenvolvimento, vamos nos orientando mais para a heterossexualidade ou para a homoafetividade, e isso depende de uma série de fatores , inclusive, da abertura de cada um", explica Ana (ouça abaixo).

Segundo a sexóloga, a nova geração tem se mostrado mais livre nesse sentido, mais aberta a se autorreferenciar como bissexual. Uma pesquisa feita pela agência de publicidade J. Walter Thompson em 2015 confirma essa percepção. O levantamento realizado com 1632 pessoas no Reino Unido mostrou que os 43% dos jovens de 18 a 24 anos se identificaram em algum espectro entre a heterossexualidade e a bissexualidade.

"Acho que o fato de essa geração estar mais livres do condicionamento binário heteronormativo favorece que eles se investiguem mais sejam mais curiosos ou que permitam que determinados tipos de atração e desejo sejam mais palpáveis, venham mais para perto da sua orientação e sua atração. A juventude hoje tem mais essa liberdade de experimentar", conclui Ana.

Acompanhe o Sexoterapia

Bissexualidade masculina é o tema do décimo quinto episódio do podcast Sexoterapia, um espaço criado por Universa para falar de sexo e relacionamento.

Sexoterapia está disponível no UOL, no Youtube de Universa e nas plataformas de podcasts, como Spotify, Apple Podcasts, no Castbox e Google Podcasts.

Sexo