PUBLICIDADE

Topo

Moda

Uma toalha deu origem ao look icônico usado pela Spice Girl Geri Halliwell

Geri Halliwell, das Spice Girls, no Brit Awards 1997 - Reprodução/Instagram
Geri Halliwell, das Spice Girls, no Brit Awards 1997 Imagem: Reprodução/Instagram

De Universa

23/03/2020 04h00

Um dos looks mais icônicos dos anos 90 foi usado por Geri Halliwell durante a apresentação das Spice Girls no Brit Awards de 1997. A cantora, que ficou conhecida como Ginger Spice, contou a história por trás da escolha de seu vestido em um vídeo da Vogue americana: "Quando aquela toalha de chá foi costurada naquele vestidinho preto da Gucci, eu não tinha ideia da reação que viria".

Toalha de chá? Sim! Geri explicou que seus stylists apresentaram um vestidinho preto da Gucci como opção de look para a premiação britânica. Apesar da peça sexy e com ar vintage de Tom Ford, que era o estilista da marca na época, ter agradado Ginger, ela sentiu que faltava alguma coisa: "Eu achei que ele não estava dizendo muito, e eu sempre tentei colocar meu toque", recorda.

Como estava indo para o Brit Awards, Geri pensou: "Vou usar a bandeira britânica!", e continuou: "Eu não sei se isso é verdade, mas você não pode cortar uma bandeira? então eu encontrei uma toalha de chá. Minha irmã que fez isso, ela é melhor na costura do que eu", conta sobre a customização no modelo da Gucci.

Mas a ideia não agradou todo mundo, não. Na época, a stylist da Ginger Spice não aprovou a ideia e ainda fez o alerta de que o look poderia ser visto como racista e ser associado à grupos nacionalistas de extrema-direita. "Eu fiquei, tipo, meu Deus, não, pare! Nós celebramos todas as culturas. Por isso, eu coloquei um símbolo da paz nas costas do vestido e durante a performance, nós nos viramos de costas para o público, para que vocês pudessem ver o símbolo da paz".

"Eu acordei na manhã seguinte e minha foto com o vestido estava na primeira página de todos os jornais. Aquele vestido realmente se transformou na identidade do que o girl power representava. As pessoas usariam a sua própria versão. De repente, você viu a bandeira britânica na moda? Eu sempre fui, tipo, uma estilista secreta!", se diverte.

Geri deixou o grupo no meio de uma turnê mundial em 1998. Em seguida, ela fez um leilão com os looks usados em seus tempos de Ginger Spice. O Union Jack Dress estava entre eles e foi arrematado por 41.300 libras pelo Hard Rock Cafe de Las Vegas, se tornando a peça mais cara vendida em um leilão de roupas por uma popstar. A cantora voltou a usar a bandeira britânica em seus figurinos nas turnês de reunião das Spice Girls, que aconteceram em 2007-2008 e em 2019.

A Spice Girl diz que essa história do vestido foi uma lição muito valiosa para ela: "É importante seguir seus instintos, me disseram para não usar este vestido. Vinte e dois anos depois, é maravilhoso ver as pessoas usando o Union Jack Dress, com orgulho e poder. Isso nunca sai de moda".

Moda