PUBLICIDADE

Topo

Johnny Depp teria rasgado camisola e apertado seios de Amber Heard em briga

Jason Merritt/Getty Images
Imagem: Jason Merritt/Getty Images

De Universa

18/03/2020 19h31

Mesmo após a oficialização do divórcio no início de 2017, a relação de Johnny Depp e Amber Heard continua no centro de disputas judiciais. Em uma audiência do processo que Depp move contra o jornal The Sun, novos depoimentos da atriz foram divulgados, tornando públicas agressões que ela teria sofrido.

Consta nos documentos que, em março de 2015, o ator teria rasgado a camisola de sua então esposa e apertado seus seios para humilhá-la durante uma briga na Austrália.

A defesa do jornal também leu trechos do processo em que Depp é acusado de empurrar a atriz contra uma mesa de ping-pong e estrangulá-la.

O ator processou o jornal por conta de uma matéria publicada em 2018 afirmando que ele era violento e abusivo na relação com Amber Heard. Em outra audiência do mesmo processo, foram divulgados áudios de Amber Heard confessando que bateu uma porta na cabeça do ex-marido e deu um tapa na cara dele.

"Eu então levantei, eu nem sei o que falei, quer dizer, devo ter dito algo como, 'que m*** é essa?', você sabe. Porque você tinha acabado de me acertar na cabeça com a maldita porta", relata Depp no áudio. Então, a atriz diz que não queria ter acertado a porta em seu rosto, e pede desculpas pelo tapa, dizendo que apenas reagiu.

Violência contra a mulher