PUBLICIDADE

Topo

Astrologia prevê escolas de samba de SP e do Rio mais cotadas para vencer

Camila Eiroa

Colaboração para Universa

23/02/2020 04h00

Escolas de samba têm data de fundação e, para astrologia, isso é um prato cheio: mesmo sem horário exato, é possível ver o mapa astral de cada uma. Para isso, se usa a Astrologia Empresarial, uma ferramenta que serve para analisar as potencialidades e dificuldades de uma empresa. O cálculo também serve para cidades, países e tudo que tem um início demarcado.

Características de escolas de samba pelo mapa astral

No caso das escolas de samba, o astrólogo Fernando Guimarães conta que podemos ler o signo solar como o brilho pessoal, o interesse e as pessoas que o grupo atrai. Já a Lua representa as emoções que surgem em enredos e construções de figurinos, bem como a multidão que desfila e vibra com cada passo dado na avenida.

O mapa astral de cada escola permite saber quais estão mais alinhadas com as estrelas para ganhar o Carnaval 2020. "Esta pesquisa vem sendo feita há dois anos com bons resultados. Investigo o momento cósmico do desfile e da votação do júri. Assim, vejo se a premiação está escrita nas estrelas de alguma forma", explica Fernando.

Pesquisa detalhada

Na sexta e sábado, aconteceram os desfiles do grupo 1 das escolas de São Paulo, sendo o resultado da vencedora divulgado na terça-feira. Já no domingo e na segunda-feira, acontecem os desfiles do grupo especial do Rio de Janeiro. A votação é feita na quarta-feira de cinzas. Todas essas datas são analisadas junto com o mapa natal de cada escola.

Segundo o astrólogo, essa é uma técnica recente e americana, que analisa a declinação da Lua progredida. "Também é utilizada para Oscar, eleições e outros tipos de competições", diz. Fernando lembra, porém, que não é um jogo de adivinhação. É uma pesquisa que busca explorar a influência dos astros para cada escola de samba.

Chances de cada escola de samba vencer, segundo mapa astral

As cinco mais bem cotadas para serem vencedoras em São Paulo são:

1. Barroca da Zona Sul: tem o Sol em Leão, veio para brilhar, adora o luxo e brilho. Muito favorecida em 2020. Chega pedindo tolerância e igualdade com voz feminina, enaltecendo as mulheres brasileiras e os povos indígenas.

2. Mancha Verde: tem o Sol em Libra, aposta na harmonia e vem colocar o dedo na ferida de todos este ano. Questionam onde está o sentido da vida entre tantas guerras e injustiças. Vão relacionar o sofrimento das pessoas com o de Jesus Cristo.

3. Gaviões da Fiel: tem o Sol em Câncer. É uma tribo unida, acolhedora, de raiz. Neste ano, se favorece pela necessidade de acolhimento individual. Foge dos assuntos políticos polêmicos e pede a liberdade de poder sonhar.

4. Mocidade Alegre e Acadêmicos do Tatuapé: ambas têm o Sol em Escorpião. São sensuais, cheias de magia e segredos. Em um mês de Peixes, são atributos que ganham destaque.

5. Rosas de Ouro: com o Sol em Libra, busca ser refinada, romântica e agradável aos olhos do público. Também resgata a necessidade de sonhar e valoriza o amor. Fatores favoráveis em um mês de Peixes.

No Rio de Janeiro, as que estão em seu melhor momento cósmico são:

1. Unidos da Tijuca: é uma escola pisciana, que preza o sonho e fantasia. Uma das únicas dessa lista que foge do cunho político explícito em seu enredo. Também se favorece com Mercúrio retrógrado em Peixes.

2. Viradouro: uma escola canceriana, que valoriza raízes, história e a cultura popular. Promete tocar profundamente em temas que combinam com o signo de Câncer e trazem Oxum como figura do samba-enredo.

3. São Clemente: é uma escola com Sol em Escorpião, que gosta de abordar mistério, erotismo e tabus. O enredo vai refletir o cenário político, conseguindo a aprovação por ser um tema atual.

4. Mangueira: escola taurina pé no chão, raiz, tradicional e materialista. Assim como em 2019, trará em seu samba questões que refletem a vida do trabalhador brasileiro e promete surpreender na avenida.

5. Vila Isabel: com Sol em Áries, guerreira, competitiva e de vigo físico. Vai honrar a ancestralidade e as raízes do povo brasileiro, buscando lembrar a força que temos e que precisamos resgatar.

6. União da Ilha: pisciana, afinada com os signos da cidade do Rio. Fantasia pura, ótima para um Carnaval em fevereiro, com Sol em Peixes. "Na paz da criança, o amor da mulher. De gente humilde que pede com fé", diz o samba.

7. Beija-Flor: escola com Sol em Escorpião, ambiciosa, competitiva, erótica e famosa por sua trajetória. Resgata em seu samba-enredo sua força e saúda o orixá Exu, conhecido por abrir caminhos.

Alto Astral