PUBLICIDADE

Topo

Inspira

Ideias para uma vida mais plena


Inspira

Fantasia ok, flerte com o crush também: 5 dicas da Krishna para o Carnaval

Krishna no Carnaval - Reprodução / Instagram
Krishna no Carnaval Imagem: Reprodução / Instagram

Ana Bardella

De Universa

22/02/2020 04h00

Para muita gente, o Carnaval é a época preferida do ano. Mas, convenhamos: as chances de passar perrengue durante as comemorações são grandes. No meio da multidão, tudo pode acontecer. Foi pensando nisso que a influenciadora Krishna, de São João do Meriti, no Rio de Janeiro, preparou um guia de como aproveitar a folia ao máximo: nas fantasias, nos flertes e até nas medidas de segurança, para evitar o risco de golpes ou furtos. Confira:

1. Fantasia de última hora

Enquanto todo mundo já garantiu aquela tiara lindíssima para o Carnaval, você ainda não decidiu a cor da roupa que pretende usar? Krishna garante que é possível resolver a situação em 20 minutos. Ela ensina a fazer uma fantasia usando como protagonista o papel alumínio. "Só precisa de quatro grampos, dois alfinetes, um par de brincos de argola pequeno e fita adesiva", diz. Além, é claro, de caprichar no glitter pelo corpo e na maquiagem.

Krishna no Carnaval - Acervo pessoal - Acervo pessoal
Imagem: Acervo pessoal
O primeiro passo é dividir o cabelo em dois, no estilo "maria chiquinha". Depois, amassar dois pedaços de papel alumínio grandes e prendê-los na parte onde estão os elásticos com ajuda de grampos.

Para decorar os brincos, a dica é amassar mais dois pedaços do papel, desta vez menores. Em seguida transpassá-los por um alfinete e prendê-los nos brincos. Por último, recorte três tiras do papel e prenda na vertical na blusa ou cropped com a ajuda de uma fita adesiva.

2. Escolher o bloco certo para você

Eu??Trepar @blocodastrepadeiras

A post shared by Krishna? (@kripshna) on

Opções não faltam. Então como escolher para onde ir? "É preciso pesquisar as músicas que vão tocar e escolher o que mais combina com o seu estilo", diz. No caso de Krishna, ela evita os megablocos. "Nestes, costuma sair muita confusão, sempre tem homens brigando. Prefiro os não oficiais", ela conta. Para planejar onde ir, pesquisa no Instagram ou conversa com os organizadores e outras pessoas que estão acostumadas a frequentar os eventos.

3. Pochete não é sinônimo de segurança

Apesar de serem a febre do momento, as pochetes, Krishna alerta, não são tão seguras quanto parecem. "Já existem pessoas especializadas em roubar celulares e dinheiro de dentro delas", avisa. Se a ideia é curtir o evento sem se preocupar com a possibilidade de ser furtada, ela indica uma doleira por baixo da roupa. "Para disfarçar o volume, a dica é colocar a pochete por cima, mas apenas com itens de pouco valor dentro, como glitter ou uma peça de roupa".

Além disso, é preciso ficar atento ao "golpe do cartão". Nele, criminosos decoram a senha e trocam o cartão da vítima por outro sem que ela perceba. Depois, realizam compras com a quantia disponível na conta bancária. "Por isso eu sempre indico levar um pouco de dinheiro ou colar uma fita adesiva no cartão, para ficar mais fácil de perceber caso alguém faça a troca", aconselha.

Por último, ela alerta principalmente às mulheres para ficarem atentas às suas bebidas, devido às chamadas "drogas de estupro", que induzem a pessoa a ficar inconsciente. "O principal é não aceitar bebidas de estranhos, ficar de olho na bebida para ver se ninguém coloca algo dentro e andar sempre em grupo".

4. Tutorial para chegar no crush

No Twitter, Krishna gosta de enfatizar: está solteira. Ela, que compartilha casos da vida amorosa, dá dicas para não sair zerada do bloquinho. "Eu gosto de usar a fantasia para puxar assunto. Ano passado minha amiga viu um rapaz vestido de karaokê e falou: 'Queria cantar nesse microfone'. Foi tão fácil que nem eu acreditei", conta.

Ela garante também que o contato visual faz toda diferença. "Antes de conversar, é bom sempre caprichar na olhada", diz. Também vale a pena ser simpática e estar aberta a amizades. "Se você conhece alguém legal que está acompanhado de um grupo, acaba conhecendo mais pessoas e isso facilita na hora de beijar alguém", diz.

Krishna aproveita para lembrar que tudo o que vem depois do não é considerado assédio. "Vale tanto para você quanto para outras mulheres. Se perceber que um homem está incomodando alguém, vale se aproximar para ajudar".

5. Para o dia seguinte ser perfeito

"Carnaval é maratona. Para chegar inteira ao final dele, o melhor é investir no conforto. O sapato não pode estar apertando, a fantasia não pode estar pinicando", exemplifica. A lei é vestir somente tênis ou sapatos fechados, já que os pés costumam sujar, molhar ou até serem pisados. "Outro ponto essencial é intercalar as bebidas alcoólicas com água e tomar um café da manhã reforçado antes de sair de casa, já que não dá para prever o horário do almoço", diz.

Para o corpo, ela relembra a importância de usar protetor solar. Por fim, para as mulheres de coxas grossas, ela aconselha passar desodorante aerosol entre elas para não rasparem ou ficarem assadas.

Inspira