PUBLICIDADE

Topo

Moda

Red carpet plus size: Ju Romano e Mariana Cyrne elegem looks inspiradores

Aline Fava*

Colaboração para Universa

19/02/2020 04h00

Oscar, Grammy, Globo de Ouro, Critics' Choice, SAG Awards... ufa! A temporada de premiações de 2020 acabou de rolar e ficamos atentas aos looks que divas que vestem tamanhos grandes usaram no tapete vermelho. Contamos com a ajuda da jornalista e influencer Ju Romano e da Mariana Cyrne, do Garotas Fora do Padrão, para escolher alguns dos mais inspiradores.

Rebel Wilson com seu vestido dourado Jason Wu no Oscar é uma unanimidade. A atriz apareceu em várias listas das mais bem vestidas da edição com o visual de diva de Hollywood.

Ju Romano destaca que Rebel gosta de decotes bem abertos e que deixam a região do colo livre e elogiou a escolha do modelo com corte acinturado e saia reta.

"Não é porque você é gorda que tem que esconder o corpo ou usar um vestido feito para gordas. Este modelo, por exemplo, cai tão bem para uma mulher de tamanhos grandes quanto para as magras."

Já para uma festa pós-Oscar, Rebel escolheu um modelo pink Badgley Mischka com decote coração bem aberto no peito e mangas volumosas, tendência forte que rolou nos tapetes vermelhos.

Lizzo desafiou o mito de que branco engorda e arrasou no red carpet do Grammy com sua produção Versace. Mariana Cyrne definiu o combo maravilhoso que este look representa: "Uma mulher gorda, de branco, braços de fora, vestido ultra justo e alta-costura".

Ju completa e diz que é muito difícil ver vestidos de gala com modelagem diferente nas famosas plus size: "É sempre evasê, com cintura marcada e quase nunca uma opção mais ousada. Lizzo não quis esconder seu corpo e nem se esconder". E arrasou!

Da'Vine Joy Randolph apostou no naked dress preto para o Oscar e fez sucesso.

"Ousado e sexy, este é um vestido que a gente vê muito nas famosas magras, com transparência e detalhes de lingerie", diz Ju Romano, que curtiu a escolha afrontosa da atriz.

No Globo de Ouro, Da'vine se jogou no vestido colorido e apostou em outra tendência que bombou no tapete vermelho: laços.

Entre as cores únicas e bem fortes, o destaque ficou para o vermelho vivo. Temos um look mais clássico, com o Christian Siriano de Chrissy Metz no Oscar, e outro mais moderninho no Christopher Kane de Barbie Ferreira para a festa da Vanity Fair.

A temporada de premiações rendeu looks belíssimos para Beanie Feldstein, que variou bastante nas escolhas. Para o Oscar, ela usou um vestido Miu Miu chiquérrimo com caimento evasê todo bordado com paetês brancos e estampas de rosas pretas. No Critics' Choice Awards, a atriz apostou no color block, com top rosa e saia vermelha, bem moderno.

Já para o Globo de Ouro, Beanie estava com um Oscar de la Renta de estilo romântico, com decote ombro a ombro, muito brilho e acessórios combinando com a cor do vestido.

Na onda dos brilhos, Mariana destaca o longo com fenda usado por Danielle MacDonald: "É chique, elegante e clássico. Ela tem um corpo diferente dos "padrões" plus size -sim, até para ser gorda existe um padrão, como cintura fina. Mas ela arrasa sempre em red carpets!".

Outro look inspirador para Mariana foi o modelo Lirika Matoshi com estampa de morango de Tess Holliday no Grammy.

"Vimos essa estampa ser usada por muitas magras. Ver o mesmo modelo em uma gorda maior nos dá uma sensação maravilhosa de pertencimento. Fora que é um vestido rodado e volumoso por conta do tule e Tess chega e quebra esse tabu, afinal de contas, moda é muito mais do que parecer mais alta ou mais magra."

Moda