PUBLICIDADE

Topo

Aluno da UFMG é denunciado por cometer crimes sexuais contra 12 mulheres

Vítima mulher depoimento - iStock
Vítima mulher depoimento Imagem: iStock

De Universa

17/02/2020 14h51

O Ministério Público de Minas Gerais denunciou um homem de 30 anos acusado de cometer diversos crimes sexuais — entre estupro, abuso sexual, agressão e compartilhamento de fotos e vídeos íntimos — de pelo menos 12 mulheres entre 2011 e 2019.

De acordo com o MP, ele cursava Arquitetura na Universidade Federal de Minas Gerais e está preso desde dezembro no Presídio Inspetor José Martinho Drumond, em Ribeirão das Neves.

Segundo as investigações, o estudante costumava usar violência física para fazer sexo sem o consentimento das vítimas. Depoimentos apontam que, em alguns casos, o acusado teria entorpecido as vítimas colocando droga em suas bebidas.

Uma das mulheres relatou que o homem teria furtado seu celular e ameaçado divulgar fotos íntimas que estavam no aparelho.

De acordo com o Ministério Público, o acusado chegou a divulgar nome, números de telefone e endereços das vítimas ao compartilhar fotos e vídeos íntimos delas, inclusive com colegas de UFMG, além de publicar o material em redes sociais e sites pornográficos.

Durante as investigações, a polícia apreendeu cerca de 20 gigabytes de material pornográfico, além de maconha e haxixe.

Somando todos os crimes — a maioria deles ocorridos dentro da Universidade — o acusado pode ser condenado a mais de 40 anos de prisão.

Violência contra a mulher