PUBLICIDADE

Topo

Secretaria da Mulher na Câmara diz que fala de José de Abreu é ofensiva

Regina Duarte com Bolsonaro e o ator José de Abreu - Montagem UOL
Regina Duarte com Bolsonaro e o ator José de Abreu Imagem: Montagem UOL

Do UOL, em São Paulo

06/02/2020 16h05

A Secretaria da Mulher na Câmara dos Deputados se manifestou hoje contra uma fala do ator José de Abreu, em entrevista à Folha.

Na ocasião, o ator criticava a indicação de sua colega de profissão Regina Duarte. Ele afirmou que "fascista não tem sexo. Vagina não transforma uma mulher em um ser humano".

Em nota, a Secretaria repudiou a declaração de Abreu, afirmando que se trata de uma "postura machista e misógina".

A Secretaria, que é conduzida pela deputada professora Dorinha (DEM-TO), ainda manifestou solidariedade à Regina Duarte.

"Rechaçamos todo tipo de violência contra as mulheres e consideramos que a violência política e o machismo são as ferramentas que mais impedem que as mulheres alcancem os espaços de poder e decisão. Esse tipo de agressão mostra a face da violência que, diariamente, as mulheres sofrem ao ingressar nos espaços de poder", garante a nota.

Direitos da mulher