PUBLICIDADE

Topo

Sexo

"Aceito a diversidade como manifestação da vida", diz Jefferson Schroeder

Jefferson Schroeder - Tábata Karimme/Flickr
Jefferson Schroeder Imagem: Tábata Karimme/Flickr

De Universa

04/02/2020 12h53

Jefferson Schroeder defendeu a expansão de horizontes no campo da sexualidade em entrevista à revista Marie Clare. Dando vida à dona de casa Cida Lamounier em seu quadro de humor no Se Joga (TV Globo), o ator acredita que o sexo ainda é uma questão complexa para toda a humanidade.

"Estamos o tempo todo lidando com um fantasma da sexualidade que reprime, gera preconceito, brocha ou se transforma em agressividade com uma falsa sensação de virilidade", diz.

Para ele, a falsa moral e o preconceito travam uma série de impulsos reprimidos e coisas excitantes. "Me defino como alguém que exercita uma expansão de pensamentos em relação à sexualidade e a aceitação da diversidade como a mais pura manifestação da vida", conta.

Nas redes sociais, Jefferson recebe todo tipo de cantadas dos fãs — inclusive nudes, o que ele vê com bons olhos. "Assim como tem gente que não acha legal, tem muitas pessoas que se excitam com isso. Sou a favor do hábito da sexualidade", confessa.

"No inbox tudo é permitido. Quem tem Instagram sabe que as conversas secretas deixam todo mundo com uma sensação de liberdade. Para os artistas isso ainda é mais forte porque os seguidores muitas vezes pensam que o artista jamais vai ler as mensagens que chegam de pessoas desconhecidas", explica.

Sexo