PUBLICIDADE

Topo

Mulher denuncia ataque transfóbico em metrô de NY: "Cuspiram em mim"

Serena Daniari, jornalista e militante trans - Reprodução/Twitter
Serena Daniari, jornalista e militante trans Imagem: Reprodução/Twitter

De Universa

26/01/2020 16h35

A jornalista e ativista trans americana Serena Daniari fez uma denúncia em sua conta no Twitter, em um vídeo que viralizou na rede, contando ter sofrido um ataque transfóbico no metrô de Nova York na sexta-feira (24).

"Acabei de ser atacada por um casal no vagão. Eles cuspiram em mim e me bateram", escreveu ela, dizendo que também foi vítima de ofensas transfóbicas. "Eu não fiz nada, só queriam que me deixasse em paz", diz Serena no vídeo.

Ao site BuzzFeed News, dos Estados Unidos, ela contou que estava no vagão com fones de ouvido lendo um livro. Um homem e uma mulher se levantaram e foram até ela. O rapaz lhe disse algo que não conseguiu escutar. Quando tirou os fones, eles repetiu: "Você é um homem".

"A agressão só aconteceu porque ele percebeu que eu sou trans", afirmou ela, que denunciou o caso à polícia.

No sábado (25), o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, afirmou, no Twitter, que as autoridades da cidade estão investigando o ataque "repugnante" e pediu aos seguidores que, se tiverem alguma informação sobre os agressores, que procurem os policiais imediatamente.

Ele ainda pediu desculpas a Serena. "Os nova-iorquinostrans e não-binários merecem andar pela cidade sem medo", afirmou.

Diversidade