PUBLICIDADE

Topo

Moda

Comme Des Garçons se desculpa por modelos brancos com perucas trançadas

Getty Images
Imagem: Getty Images

De Universa, em São Paulo

20/01/2020 12h41

A Comme des Garçons emitiu um comunicado de desculpas após colocar modelos brancos com perucas trançadas no desfile da coleção masculina outono-inverno 2020 durante a Paris Fashion Week, na última sexta-feira (17).

Pierrick Le Verge, estilista da grife, que foi acusada de apropriação cultural por usar o penteado da cultura negra, justificou ter sofrido um "lapso de julgamento" em resposta à imprensa, em que detalhou o motivo para ter usado as cornrows — estilo de trança de cabelo, no qual o cabelo é trançado muito perto do couro cabeludo, usando um movimento para baixo e para baixo para fazer uma linha contínua e elevada.

"Queridos, minha inspiração para o desfile da Comme des Garçons foi o príncipe egípcio. Um olhar que achei verdadeiramente bonito e inspirador. Um olhar que foi uma homenagem. Nunca foi minha intenção magoar ou ofender alguém, jamais. Se o fiz, peço desculpas profundamente", escreveu ele em suas redes sociais.

A justificativa de Le Verge causou estranhamento na mídia internacional especializada em moda. Isso porque, embora o estilista tenha afirmado sua inspiração na cultura egípcia antiga, não há referências dessa época nos desenhos originais da coleção.

Vale lembrar que essa não foi a primeira vez que a Comme des Garçons foi criticada pela falta de representatividade. Em 2018, a grife japonesa escalou seu primeiro modelo negro para um desfile.

Moda