PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Romana Novais sobre parto: 'Doeu muito, mas faria tudo exatamente igual'

Romana Novais compartilha fotos do nascimento do filho - Reprodução/Instagram
Romana Novais compartilha fotos do nascimento do filho Imagem: Reprodução/Instagram

De Universa, em São Paulo

16/01/2020 10h54

Poucos dias depois de dar à luz Ravi, Romana Novais compartilhou com seus seguidores fotos e detalhes de seu parto, desde que começou a sentir as primeiras contrações, até o nascimento.

Num longo relato no Instagram, a mulher do DJ Alok contou que começou a sentir contrações leves no dia 7 de janeiro, três dias antes do nascimento do filho. "As 3h da madrugada do dia 10/01 o Alok percebeu que eu reclamava da dor em um espaço curto de tempo, o ritmo era de 8 em 8 minutos. A cada contração era uma visita a Lua de alguns segundos", relembrou.

"Acontecia tudo rápido e demorado ao mesmo tempo, senti a maior dor da minha vida. Mas estava confiante e muito a fim de passar por tudo isso pra trazer meu filho ao mundo", continuou a médica.

"Fiquei introspectiva, mas entre as contrações eu brincava, em alguns momentos da partolândia eu cheguei a pedir para alguém pegar o meu batom e todos deram risada", diz Romana num trecho.

Ela contou que o marido e a mãe estiveram com ela o tempo todo. Num determinado momento, ela disse que pediu analgesia, mas sua médica disse que ela estava com 10 centímetros de dilatação e conseguiria passar por aquilo. "Eu sempre acreditei no poder da natureza, no sagrado do feminino e no poder de nós mulheres e por isso eu insistia."

Ela relembrou que a cabeça do bebê precisava girar para entrar na posição correta do nascer. Com medo, pediu por analgesia, o que diminuiu a dor aos poucos. A equipe médica, então, fez uma manobra para facilitar a rotação e o encaixe da cabeça do bebê, momento que, segundo ela, foi o mais doloroso do parto.

"Com toda minha garra eu supliquei que ele viesse logo, e com toda a minha força eu fiz tudo que eu podia pra trazê-lo ao mundo e para os meus braços. É impossível descrever o que eu senti quando percebi que o Ravi estava saindo, e com as minhas próprias mãos trouxe para o meu peito, abraçando e sentindo um amor inexplicável."

Romana contou que Alok foi o responsável por fazer o corte do cordão umbilical. "Foi lindo vivenciar tudo isso. E sim, doeu muito, mas eu faria tudo exatamente igual, foi incrível ver e sentir o poder da natureza agindo", finalizou a médica.

Mães e filhos