PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Na Disney com o filho, Rafa Brites faz reflexão sobre maternidade

Rafa Brites e o filho, Rocco, na Disney - Reprodução/Instagram
Rafa Brites e o filho, Rocco, na Disney Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, de São Paulo

10/01/2020 00h20

Rafa Brites tem aproveitado as férias ao lado do filho, Rocco, de dois anos, fruto de seu relacionamento com o apresentador e humorista Felipe Andreoli.

Nos últimos dias, ela tem publicado fotos do passeio dos dois pelos Estados Unidos, inclusive falando sobre algumas coisas típicas da maternidade, como comprar roupas mais largas para os filhos usarem por mais tempo.

Na noite de hoje, no entanto, ela publicou uma longa reflexão sobre a maternidade. Em seu relato, Rafa comenta sobre as maravilhas e agruras de ser mãe.

"As vezes parece magico, outras é de se pensar será que eu estava pronta pra isso? Essa é a cabeça dessa mãe que tem pensado muito sobre como educar um filho é o maior desafio da vida. Felipe esta em outra cidade treinando tênis e estamos nos dois aqui nesse passeio lindo BUT (mas, em inglês), momentos de birra, de só querer comer batata frita, não querer tomar banho (não querer sair do banho)... Quando é em público então da um nervoso", começou ela, lembrando que o filho já deu um ataque de birra em público

As vezes parece magico, outras é de se pensar será que eu estava pronta pra isso? Essa é a cabeça dessa mãe que tem pensando muito sobre como educar um filho é o maior desafio da vida. Felipe esta em outra cidade treinando tênis e estamos nos dois aqui nesse passeio lindo BUT ... momentos de birra, de só querer comer batata frita, não querer tomar banho ( não querer sair do banho), quando é em público então da um nervoso. Pq da vontade de gritar... mas não podemos (nem devemos). Ontem ate me escondi dele no parque pra mostrar que ele não pode correr pq pode se perder, tadinho fiquei só observando ele achando que tinha se perdido. Ficou firme ate a hora que me viu ai caiu no choro. ( deve ser uma tatica horrivel) mas funcionou ... Chega uma hora que acho que todos os pais apelam ... é um malabarismo louco mas ao olhar ao redor vejo que estão todas as famílias nessa... Alguns mais relax, outros mais estressados , algumas crianças mais calmas outras mais agitadas... todos os países, todas as línguas na mesma missão de educar. Não adianta achar que a escola fará, que o judô fará muito menos que o YouTube fará (sim eu confesso tenho vontade de dar o celular com video pra tudo pq ele fica hipnotizado.) Mas isso não é educar ... Essa responsa aí é a maior e mais longa da vida! Da medo de mimar, medo de traumatizar... da preguiça... afff muita preguiça. Mas quando vemos eles dormindo, acordando com a cara amassada e descabelados... falando obrigada (thank you) ou com licença para estranhos na rua... aquece o coração e faz valer pena. ??

Uma publicação compartilhada por Rafa Brites (@rafabrites) em

Ela continuou: "Por que dá vontade de gritar... Mas não podemos (nem devemos). Ontem ate me escondi dele no parque pra mostrar que ele não pode correr, porque pode se perder. Tadinho, fiquei só observando ele achando que tinha se perdido. Ficou firme até a hora que me viu, aí caiu no choro. (Deve ser uma tática horrível) mas funcionou", revelou.

"Chega uma hora que acho que todos os pais apelam. É um malabarismo louco, mas ao olhar ao redor vejo que estão todas as famílias nessa... Alguns mais relax, outros mais estressados, algumas crianças mais calmas outras mais agitadas... Todos os países, todas as línguas na mesma missão de educar. Não adianta achar que a escola fará, que o judô fará muito menos que o YouTube fará (sim eu confesso tenho vontade de dar o celular com vídeo pra tudo porque ele fica hipnotizado.) Mas isso não é educar", ponderou.

Na sequência, ela explicou a importância da educação das crianças: "Essa responsa aí é a maior e mais longa da vida! Da medo de mimar, medo de traumatizar, dá preguiça... Aff, muita preguiça. Mas quando vemos eles dormindo, acordando com a cara amassada e descabelados... Falando obrigada (thank you) ou com licença para estranhos na rua... Aquece o coração e faz valer pena", finalizou.

A postagem de Rafa teve repercussão imediata. Sabrina Sato elogiou a amiga: "Você é demais Rafa. Inspira a gente", escreveu a apresentadora, por exemplo. Outras pessoas deixaram suas reações. "Olha que texto hein...Tocou realmente no que eu e muitas mães estamos passando, e com tantos julgamentos alheios, ficamos nessa de sempre sentir um aperto no coração em saber se é o certo, aquela velha pergunta: Será que eu sou uma boa Mãe? Amo seus textos!", disse uma internauta.

"Acho muito legais os seus textos sobre a maternidade, são muito "vida real", sempre me identifico. Escreva mais!", pediu outro. "Realidade pura", observou mais um.

Mães e filhos