PUBLICIDADE

Topo

Beleza

Retinol like: rejuvenescimento da pele sem os efeitos colaterais do retinol

iStock
Imagem: iStock

Paula Roschel

Colaboração para Universa

04/01/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Retinois são substâncias derivadas da vitamina A conhecidas por agir contra o evelhecimento da pele
  • Produtos com retinois, no entanto, costumam trazer efeitos colaterais como ressecamento, vermelhidão e ardor na pele
  • Ativos similares ao retinol estão surgindo no mercado cosmético, com a promessa de agir com a mesma eficácia sem os efeitos colaterais

Os retinoides são substâncias derivadas da vitamina A e reconhecidamente eficazes no combate ao envelhecimento da pele. "Eles conseguem estimular a produção de colágeno, por isso são indicados para o tratamento da pele envelhecida pelo tempo ou pela exposição solar", diz a dermatologista Claudia Marçal.

O uso de produtos com retinol, no entanto, costuma estar associado a alguns efeitos colaterais. "É muito comum a ocorrência de ressecamento, a descamação e mesmo a inflamação da pele, que pode causar vermelhidão e ardor", explica a farmacêutica Claudia Coral. Por conta disso, os retinoides devem ser usados com prescrição médica e não podem ser usados sob o sol ou durante o verão.

Solução para pele sensível

Produtos conhecidos como "retinol-like" possuem características similares aos derivados da vitamina A, mas sem seus efeitos sensibilizantes. "A principal diferença entre os retinol-like e os retinoides é a ausência de efeitos colaterais, como a irritação, a queratite e a fotossensibilidade", diz a farmacêutica bioquímica Fernanda Chauvin.

Conheça algumas das alternativas já disponíveis como alternativa aos retinoides:

Lanablue:

Extrato de alga azul-verde que age na renovação da pele. "Ele possui um elevado índice de vitaminas do complexo B e aminoácidos. Ajuda a suavizar linhas e rugas, além de densificar a epiderme", explica a farmacêutica Mika Yamaguchi. Pode ser encontrado em farmácias de manipulação.

Vitinoxine:

Ativo francês composto por açúcares obtidos por uma reação química do extrato de alfafa. Ele estimula atividades celulares que são diminuídas durante o processo de envelhecimento. "Estudos In Vitro e In Vivo comprovam que quando ele é utilizado regularmente, proporciona benefícios semelhantes à retinoides tópicos, auxiliando na redução de 17% das rugas da face em apenas 28 dias, sem causar irritações", diz Claudia Coral. Está presente em composições formuladas em farmácias de manipulação.

Bakuchiol:

Composto encontrado nas sementes da planta Psoralea corylifolia, de origem indiana. "As sementes são ricas em antioxidantes e têm propriedades anti-inflamatórias e antimicrobianas. Ajuda a diminuir a aparência de manchas escuras ou áreas de hiperpigmentação", diz Fernanda. Já presente em algumas fórmulas de cosméticos vendidos em farmácias e perfumarias.

Extrato de Bidens Pilosa:

De origem vegetal, o ativo é extraído de uma erva conhecida como Picão Preto. Promove ação clareadora, estimula a renovação celular e a produção de colágeno. Pode ser encontrado para manipular ou em produtos comercializados em perfumarias.

Beleza