PUBLICIDADE

Topo

Adolescente é estuprada por motorista da Uber em Maceió; homem está preso

José Marcos Horacio Lopes foi preso em Maceió - Divulgação/Divisão de Investigação e Capturas da Polícia Civil
José Marcos Horacio Lopes foi preso em Maceió Imagem: Divulgação/Divisão de Investigação e Capturas da Polícia Civil

Aliny Gama

Colaboração para Universa, em Maceió

30/12/2019 16h49

Uma adolescente de 17 anos foi estuprada por um motorista enquanto voltava para casa em carro cadastrado na Uber, na madrugada de sábado (28), no bairro de Jacarecica, em Maceió. O motorista José Marcos Horacio Lopes, 26, foi preso por policiais da Deic (Divisão de Investigação e Capturas) da Polícia Civil, horas depois do crime, e confessou a prática de violência sexual.

Segundo a polícia, a garota tinha saído de uma festa e solicitou corrida pelo aplicativo para voltar para casa. Ela ia sozinha no carro, um Ford Ka branco, do bairro Pescaria, no litoral norte de Maceió, para o Farol, parte alta da cidade. Universa consultou a placa do veículo e o carro pertence ao irmão do motorista.

Universa tentou localizar a defesa do suspeito, mas não conseguiu. A polícia não informou se ele prestou depoimento acompanhado de um advogado. A reportagem também tentou localizar o proprietário do veículo, mas não obteve sucesso.

O delegado Fábio Costa, titular da Deic, disse que a vítima relatou em depoimento que, no caminho, ao chegar na entrada do sítio São Jorge, em Jacarecica, o motorista pediu que ela fosse para o banco da frente e "começou a constrangê-la" elogiando seus atributos físicos. Depois, o homem, "passou a acariciá-la" e, em seguida, estuprou a garota.

"No acesso ao sítio São Jorge, o suspeito parou o veículo no acostamento e passou a violentar sexualmente a adolescente que, nas palavras dela, estava aterrorizada com a possibilidade ser morta no local completamente ermo", afirma o delegado Fábio Costa, titular da Deic.

Segundo Fábio Costa, o crime ocorreu por volta da 1h do sábado. A menina conseguiu sair e, quando chegou em casa, relatou a violência sofrida aos pais, que chamaram a polícia.

A vítima recebeu atendimento no Hospital da Mulher, no bairro do Poço, e já está em casa. Ela não corre risco de morte e está se submetendo a tratamento com medicamentos antirretrovirais para evitar contágio de infecções sexualmente transmissíveis.

José Marcos Horacio Lopes foi preso dirigindo o mesmo veículo utilizado no crime, por volta da 14h do sábado, logo após sair de casa, no bairro de Antares, parte alta de Maceió. Um vídeo divulgado pela polícia mostra a prisão dele, que ao receber voz de prisão não ofereceu resistência.

A polícia disse que o motorista de aplicativo, durante depoimento, confessou que estuprou a adolescente e, ainda afirmou, que observou que por ela estar supostamente embriagada não teria como oferecer resistência à violência sexual. "Após confessar o crime foi autuado por estupro de vulnerável pelo fato de a vítima não estar em condições de oferecer resistência em razão da embriaguez", informou a polícia.

O homem passou por audiência de custódia, ontem, e a prisão em flagrante foi convertida em preventiva pelo juiz plantonista George Leão de Omena, no fórum do Barro Duro. Ele está preso em uma unidade do sistema prisional de Alagoas a disposição da Justiça. Caso ele seja condenado, ele poderá pegar 15 anos de prisão.

A Uber disse que a conta do motorista foi desativada assim que a empresa tomou conhecimento do ocorrido e que "lamenta o crime terrível que foi cometido". A empresa afirmou ainda que está à disposição das autoridades policiais para colaborar com as investigações.

Violência contra a mulher