PUBLICIDADE

Topo

Stalkeadas

Um olhar diferente sobre o que bomba nas redes sociais


Tá puxado? Youtubers ensinam a preparar ceia com R$ 100, R$ 70 e até R$ 50

Reprodução/Youtube
Imagem: Reprodução/Youtube

Ariane Silva

Colaboração para Universa

24/12/2019 04h00

Com a alta no preço da carne e o custo da cesta básica, fazer uma ceia de Natal para alimentar a família toda virou desafio neste ano. De olho na oportunidade, algumas Youtubers sacaram suas câmeras para mostrar que é possível driblar a crise e alimentar os parentes com pouco. Mas a mudança traz um custo emocional: saem do cardápio produtos tradicionais, como o peru e castanhas portuguesas, e entram receitas que não devem em nada em sabor.

O desafio de uma refeição festiva mais barata virou corrente no YouTube, e é possível encontrar muitas ideias para ceias de baixo custo com uma pesquisa na plataforma. Alguns vídeos incluem as bebidas no cálculo do preço, outros têm mais de uma opção de sobremesa para agradar quem adora um docinho. Selecionamos algumas opções que trazem sempre o mesmo objetivo: ajudar a quem precisa fazer bonito com pouco.

Ceia por até R$ 100

O cardápio da youtuber Patrícia Alezzandra é completo: tem frango assado, arroz com bacalhau, salada crua com palmito, pastel de queijo, farofa e duas sobremesas, pudim e rabanada. O vídeo, publicado no dia 5 de dezembro, já tem quase 30 mil visualizações.

O canal Alezzandra Vlog tem 143 mil inscritos e se descreve como "um pouco sobre tudo". Tem vídeos sobre a vida em casa, com idas ao mercado com as crianças e brincadeiras com a gatinha intercalados com dicas de beleza e tutoriais de dança. O vídeo em destaque no canal se chama "Não aguento mais ficar em casa", que mostra a Youtuber fazendo almoço e assistindo a vídeo de fofoca.

Essa é a segunda vez que Alezzandra aceita o desafio da ceia mais em conta. No ano passado, ela fez um vídeo de ceia de até R$ 50 e disse que o orçamento de R$ 100 "tá um luxo só".

Menos de R$ 70

A pernambucana Ivoneide Pereira foi outra vlogueira que encarou o desafio da ceia acessível. Com vídeos que chegam a mais de 2 milhões de visualizações e mais de meio milhão de inscrições no canal, Galega Barreiros, como é conhecida, tem um canal voltado para donas de casa e traz dicas de faxina, organização, compras e receitas. Seu vídeo faz parte da corrente de Youtubers e traz links para outros canais parceiros que também participaram. Galega tem uma filha e um filho que ajudaram a mãe na missão.

O vídeo ensina a preparar frango assado com páprica, pudim de panetone, arroz à grega, batata assada com açafrão, farofa e salada fresca, e ainda dá a dica de como montar uma bandeja com frutas para decorar a mesa, tudo por menos de R$ 70.

Ceia por até R$ 50

O canal Receitas da Dinda, de Thays Oliveira, elaborou uma ceia completa para servir bem uma família pequena por R$ 50. O cardápio traz seis pratos e leva à mesa frango assado, feijão fradinho temperado, cuscuz de milho com legumes, salada de macarrão, farofa e, de sobremesa, gelatina colorida.

A vlogueira foca em vídeos curtos com receitas simples que economizam tempo e dinheiro. No início, o canal dava dicas de beleza e decoração doméstica, mas com o tempo foi se especializando em culinária. Hoje conta com quase de 640 mil inscritos e soma 52 milhões de visualizações em seus vídeos.

Ceia vegana: opção acessível e saudável

Sem sofrimento animal, a ceia compatível com a filosofia do veganismo também é mais barata para o bolso. Nas refeições que têm carne e outros derivados animais, são esses os ítens que tomam a maior parte do orçamento, como já avisam as vlogueiras. A ceia vegana usa da criatividade para trazer pratos saborosos, mais baratos e livres de exploração animal. Veja como preparar uma ceia completamente vegana gastando pouco:

A reportagem do Universa fez uma estimativa de preço dos ingredientes incluídos nos vídeos, e o assado de grão-de-bico com os acompanhamentos podem ser feitos por cerca de R$ 50 em São Paulo, com algumas substituições. Assim como as vlogueiras dos vídeos acima, não incluímos ingredientes que as pessoas costumam ter em casa, como óleo e temperos.

Na capital paulista, é possível comprar uma bandeja de cogumelos por R$ 3. A receita leva também 1 xícara de nozes (R$ 5,50 por 100 g), e meia xícara de avelã (R$ 9 por 100 g), que pode ser substituída por amêndoas ou castanhas do Pará ou de caju, mais baratas. A beterraba pode sair por R$ 0,50 em feiras, e 2 xícaras de grão de bico custam cerca de R$ 2 (R$ 7 por 1 kg). A farinha de rosca pode ser feita com pão amanhecido, vendido mais barato em muitas padarias, e os temperos a granel podem ser comprados por menos de R$ 1 em quantidade suficiente para a receita.

Para os acompanhamentos sugeridos, o pãozinho usa fermento biológico seco, que custa entre R$ 1 e R$ 2 o pacotinho, e o quilo da farinha de trigo custa cerca de R$ 4. Também é possível encontrar pães veganos prontos, para facilitar. A maionese vegana, utilizada na pastinha, é encontrada nos mercados e custa R$ 9, mas você pode substituir por maionese de inhame ou batata, que são mais baratas.

A castanha de caju custa R$ 5,50 por 100 g, mas também fica gostoso só com a maionese. Os outros acompanhamentos que aparecem no vídeo são batata assada, salada crua e arroz com legumes, que também podem ser feitos gastando pouco.

Lembrando que os preços dos produtos variam de acordo com a região, a dica é apostar em ingredientes locais e da época, que vão sair mais baratos, substituindo ingredientes que estiverem mais caros.

Stalkeadas