PUBLICIDADE

Topo

Moda

Mama Cax morre aos 30 anos; modelo foi pioneira da diversidade na passarela

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

De Universa, em São Paulo

20/12/2019 17h33

Mama Cax, conhecida por quebrar com os padrões nos desfiles de moda, morreu aos 30 anos. A notícia foi compartilhada por sua família em seu perfil no Instagram hoje. A causa exata da morte não foi divulgada.

"É com profundo pesar e imensa tristeza que anunciamos a morte de Cacsmy Brutus (Mama Cax). Mama Cax passou a semana passada no hospital e, infelizmente, na segunda-feira, 15 de dezembro, deixou o mundo. Dizer que Cax era uma lutadora seria eufemismo. Como sobrevivente do câncer, ela se acostumou a enfrentar os vários desafios da vida de frente e com sucesso. Foi com o mesmo fervor que ela lutou nos últimos dias na terra", diz o comunicado.

"Estamos cientes de que essa perda será sentida mundialmente e não será fácil para ninguém", continuou o comunicado. "Pedimos respeito a privacidade de Cax neste momento difícil."

Nos últimos anos, a haitiana defendeu a inclusão da diversidade nas passarelas. Isso porque, aos 14 anos, a jovem lutou contra um câncer de ossos e pulmão, que fizeram com que ela tivesse que amputar uma das pernas.

Rihanna, que a convidou para desfilar para sua grife de lingerie Savage x Fenty nesse ano, a homenageou em suas redes sociais.

"Uma rainha. Uma força. Uma beleza poderosa que levou todos esses elementos para o palco da Savage esse na, inspirando muitas outras pessoas ao redor do mundo. Descanse em paz, irmã", escreveu a cantora e empresária.

Moda