PUBLICIDADE

Topo

Universa

Angela Merkel é eleita mulher mais poderosa do mundo pelo 9º ano seguido

Angela Merkel foi elogiada por "permitir que mais de um milhão de refugiados sírios entrem na Alemanha" - Reuters
Angela Merkel foi elogiada por "permitir que mais de um milhão de refugiados sírios entrem na Alemanha" Imagem: Reuters

De Universa

12/12/2019 15h45

A chanceler alemã Angela Merkel foi eleita a mulher mais influente do mundo em 2019 pela revista Forbes, dos Estados Unidos.

Este é o nono ano consecutivo que a alemã lidera o ranking, desta vez elogiada por sua "reserva de aço ao enfrentar Donald Trump e permitir que mais de um milhão de refugiados sírios entrem na Alemanha".

Em 2018, após o anúncio de Merkel como a mulher mais poderosa do ano, a Forbes descreveu como era inegável o impacto que teve como líder da União Democrata Cristã e como chanceler da Alemanha.

Todos os anos, o veículo publica uma lista das líderes femininas mais influentes de todo o mundo, em setores como política, negócios e entretenimento. Desta vez, ficaram atrás de Merkel a presidente do Banco Central Europeu Christine Lagarde e a congressista norte-americana Nancy Pelosi, que em setembro protocolou o pedido de impeachment contra Donald Trump.

Chama atenção que a ativista climática Greta Thumberg, de 16 anos, ficou em 100o lugar na lista, na mesma semana em que foi eleita personalidade do ano pela revista Time.

Universa