PUBLICIDADE

Topo

Moda

Sabrina Sato rebate crítica de look fashion no velório do Gugu: "Homenagem"

A apresentadora Sabrina Satto durante velório - AGATHA GAMEIRO/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO
A apresentadora Sabrina Satto durante velório Imagem: AGATHA GAMEIRO/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Carol Martins

Colaboração para Universa

06/12/2019 04h00Atualizada em 06/12/2019 10h15

A apresentadora da Record Sabrina Sato recebeu críticas de seguidores pela escolha do look que usou para dar adeus ao apresentador Gugu Liberato, amigo de emissora que morreu há duas semanas em um acidente doméstico, nos Estados Unidos. Sabrina afirmou que escolheu o look especialmente para a ocasião, para que sua roupa fosse uma homenagem a Gugu.

"Fui [produzida] porque era uma despedida, uma homenagem para ele. Não foi de última hora. Foi marcado. Me arrumar é uma forma de homenagear a pessoa. Prefiro pecar pelo excesso. Ele merecia essa homenagem e eu me arrumei para ele, sim", afirmou.

O apresentador foi enterrado no dia 29, sob forte comoção pública, em um cemitério na zona sul de São Paulo. Para o velório, Sabrina escolheu um terninho arrematado no colarinho por um adorno preto com recortes e óculos de sol com design moderno. A apresentadora foi criticada nas redes sociais.

"O Gugu sempre elogiou a maneira como eu me vestia. Ele era uma pessoa vaidosa, que sempre estava com uma gravata de cor diferente", disse ela na noite de terça durante o lançamento da coleção de fim de ano da Vivara, na Estação Júlio Prestes, em São Paulo.

Sabrina Sato em velório ao corpo do apresentador Gugu Liberato, na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) - Manuela Scarpa e Marcos Ribas/Brazil News - Manuela Scarpa e Marcos Ribas/Brazil News
Sabrina Santo em velório ao corpo do apresentador Gugu Liberato, na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp)
Imagem: Manuela Scarpa e Marcos Ribas/Brazil News

A morte de Gugu Liberato foi anunciada pela família na sexta-feira (22), após o apresentador sofrer um acidente doméstico dois dias antes.

De acordo com nota oficial, ele teve uma queda acidental de uma altura de cerca de quatro metros quando tentava fazer um reparo no ar condicionado instalado no sótão de sua casa, em Orlando (EUA). Ele teve morte encefálica.

A missa de sétimo dia em homenagem ao apresentador Gugu Liberato vai ser realizada na Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no dia 7 de dezembro, às 11 horas.

Segundo a assessoria de Gugu, os familiares decidiram por esse lugar ao lembrar que o apresentador, quando criança, foi coroinha nessa igreja, localizada no bairro de Pinheiros.

Moda