PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Sabrina Sato conta complicações que teve na gestação de Zoe e no puerpério

Sabrina Sato segura Zoe no colo - Reprodução/ Instagram
Sabrina Sato segura Zoe no colo Imagem: Reprodução/ Instagram

De Universa, em São Paulo

06/12/2019 10h35

A apresentadora Sabrina Sato falou em entrevista ao jornal "O Globo" publicada hoje sobre as complicações que sofreu durante a gestação de sua primeira filhinha, Zoe, que completou um ano recentemente. Segundo ela, o nascimento de Zoe foi um milagre.

Ela contou que sofreu com sangramentos "assustadores". "Foi um milagre a minha garotinha ter vingado e estar aqui. Todos me preparavam para o pior, incluindo os médicos. As chances eram pequenas. Superada essa fase, minha gravidez foi incrível. Não enjoei, trabalhei para caramba e cheguei a mudar de casa".

"Esse início foi, de fato, delicado, mas contei com o apoio de diversas mulheres. Tive tanto receio de não segurar minha bebê, rezava sem cessar. Pela Zoe, fiz algo inédito: fiquei quieta por um mês inteiro num hospital. A Fernanda Young [roteirista que faleceu em agosto] me mandava mensagem diariamente, dizendo que daria certo. E deu".

Segundo ela, o puerpério - a fase imediatamente após o parto - também foi complicado e trouxe mudanças significativas em seu corpo. "O puerpério foi bastante complicado por causa da cicatrização da cesárea, das dores e dos gases", disse..

"Na sequência do resguardo, estava me sentindo tão sensacional que desfilei, no último carnaval, de fio dental, sem o costeiro escondendo o bumbum. Aliás, ganhei um quadrilzinho, aquela anquinha que nunca tive. Estou segura e feminina".

E acrescentou: "A quarentena havia terminado; a libido, no entanto, não estava igual. E olha que eu sempre tive em abundância! Perguntei à minha médica o que estava acontecendo e ela me informou que isso era completamente normal e que esse momento logo passaria. Mas demorou mais de seis meses. Hoje voltou como era antes, mas é importante debatermos este assunto para não romantizar a maternidade".

No entanto, ela conta que a maternidade a deixou muito confiante. "É impressionante o que a maternidade fez comigo. Hoje, acredito que posso tudo e sou capaz de enfrentar qualquer coisa porque tem um ser que preciso proteger. É realmente muito doido esse amor que nos fortalece".

Mães e filhos