PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Ucraniana processa Miss Mundo após desclassificação por ter filho; entenda

Veronika Didusenko, de 24 anos - Reprodução/Instagram
Veronika Didusenko, de 24 anos Imagem: Reprodução/Instagram

De Universa

05/12/2019 11h46

A vencedora do Miss Ucrânia Veronika Didusenko está processando a versão global do concurso — o Miss Mundo, que será em 14 de dezembro — após ter sido desclassificada por ter um filho.

De acordo com o jornal The Independent, Veronika não só não pode disputar o título mundial como teve a coroa de Miss Ucrânia revogada quando veio à tona que ela é mãe de um menino de 5 anos.

De fato, as regras do concurso estabelecidas em 1951 cravam que as concorrentes não podem ser casadas e nem ter filhos — Veronika disse que leu a regra no formulário de inscrição, mas que foi incentivada por organizadores do concurso a se inscrever assim mesmo.

À BBC, ela descreveu a experiência de perder a coroa como "humilhante e ofensiva".

"Eu me senti mal porque não é apenas a minha história, é a história de milhares de mulheres em todo o mundo que talvez querem participar, mas não têm a possibilidade de entrar porque são mães", criticou. "Não faz nenhum sentido. Ser mãe não tem implicação em minha capacidade de ser uma modelo de sucesso".

Nas redes sociais, Veronika publicou uma foto ao lado de seu advogado e anunciou que vai entrar com uma ação judicial contra o Miss Mundo e conta que, com isso, pretende "marcar uma nova fase da nossa luta por justiça".

Ela alega que as políticas do concurso em relação às mães são contrárias à Lei da Igualdade de 2010, que estipula que é ilegal discriminar com base em gênero, casamento e maternidade.

Mães e filhos