PUBLICIDADE

Topo

Joice Hasselmann nega ter debochado de colega ao relatar aborto em CPI

Joice Hasselmann dá depoimento à CPMI das Fake News - WAGNER PIRES/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Joice Hasselmann dá depoimento à CPMI das Fake News Imagem: WAGNER PIRES/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

De Universa, em São Paulo

05/12/2019 19h31

Joice Hasselmann negou ter debochado de sua colega, a deputada Carla Zambelli (PSL-SP), ao relatar "aborto espontâneo", durante sessão da CPI que investiga as fake news, ontem à noite.

Em depoimento emocionado, Zambelli falou sobre o aborto espontâneo que sofreu recentemente. Com pausas em sua fala, a parlamentar se disse muito chateada pelos ataques emitidos por Joice contra ela, nos quais a ex-líder do governo afirmou durante a eleição, que ela era abortista.

Nesse momento, Joice sorriu, e fez sinal para dizer que "era só o que faltava".

Em post publicado no Twitter, hoje à tarde, Joice Hasselmann acusou Zambelli de "criar narrativa", a chamou de "psicopata", e disse que o motivo da risada era relacionado ao "teatro descarado".

"Carla Zambelli cria a narrativa de que eu ri quando ela se 'emocionou' ao citar um aborto espontâneo recente. É uma psicopata. Eu ri do teatro descarado que ela fez. Ainda bem que existe o google e as 'coleguinhas' do Fêmen - grupo de extrema esquerda e abortista - pra provar. Ponto final", disse ela.

Amigas e rivais

Segundo relato do site "Congresso em Foco", na mesma sessão, Zambelli acusou Joice de ter espalhado que ela teria sido prostituta. A parlamentar, no entanto, se defendeu dizendo que esta acusação partiu de Jair Bolsonaro.

"O presidente me perguntou se você tinha sido prostituta. Ele me perguntou", disse Joice.

Carla Zambelli e Joice Hasselmann já foram muito amigas no passado, mas romperam relações durante as eleições. Desde então, as duas vivem trocando farpas principalmente por meio das redes sociais.

Joice disse que enquanto mantinha amizade com Carla, chegou a pagar contas para ela. "Paguei a sua conta e a do ex-namorado, o Alex", relembrou Joice.

Política