Topo

1º casal gay britânico a ter filhos por barriga de aluguel se separa

Barrie Drewitt-Barlow e Tony Drewitt-Barlow no nascimento dos filhos Saffron e Aspen, em 1999 - Reprodução/Daily Mail
Barrie Drewitt-Barlow e Tony Drewitt-Barlow no nascimento dos filhos Saffron e Aspen, em 1999 Imagem: Reprodução/Daily Mail

De Universa, em São Paulo

18/11/2019 09h13

Barrie Drewitt-Barlow e Tony Drewitt-Barlow ficaram conhecidos em 1999 por se tornarem o primeiro casal gay britânico a ter filhos por barriga de aluguel. Mas, agora a relação de 32 anos chego ao fim: Barrie se apaixonou pelo ex-namorado da filha e agora eles são um casal.

"Eu me apaixonei por Scott e ele fez o mesmo. Sinto-me estúpido na minha idade por ter esses sentimentos por alguém que não seja Tony e com metade da minha idade. Mas quando você sabe que algo está certo, está certo. Ainda não fizemos planos definidos, mas gostaria de me casar com Scott. Não estou tendo uma crise de meia idade. É real", disse Barrie ao jornal "The Sun".

Os dois assumiram a relação após nove meses. Todos estão vivendo na mesma casa, na Flórida, em uma casa com dez quartos, enquanto o divórcio entre Barrie e Tony é concluído.

Eles se tornaram parceiros civis em 2006 e depois se casaram oficialmente assim que o Reino Unido legalizou o casamento entre pessoas do mesmo sexo, em 2014. Ao terem os filhos em 1999, nos Estados Unidos (eles deixaram o país de origem por serem proibidos de terem filhos lá e terem o pedido de adoção negado), eles brigaram na justiça para ter o direito de colocar os nomes dos dois pais nas certidões de nascimento dos filhos. E conseguiram.

Barrie (de azul) com Tony e os filhos mais velhos, Saffron e Aspen, e em outra foto com o namorado Scott - Reprodução/Daily Mail
Barrie (de azul) com Tony e os filhos mais velhos, Saffron e Aspen, e em outra foto com o namorado Scott
Imagem: Reprodução/Daily Mail

Além de Saffron e Aspen, que completam 20 anos no mês que vem, os dois ainda são pais de Orlando, Dallas e Jasper, também gerados através de uma barriga de aluguel.

"Saffron e Scott eram mais amigos do que namorados", diz Barrie sobre a relação do atual namorado, que sempre se disse bissexual, com a filha. Tony, que enfrenta um câncer, apoia a relação, assim como os filhos.

Segundo Barrie, foi ele quem sugeriu que os dois tivessem algo. "Ele disse: 'Se eu morresse, Scott seria a pessoa com quem eu gostaria de ver você.' Minha reação inicial foi: 'Tony, ele tem metade da minha idade'. Mas ele continuou insistindo e acabou mediando tudo", disse Barrie.

Diversidade