Topo

Relacionamentos

Luana Piovani vai a Israel matar a saudade. Namorar à distância dá certo?

Luana Piovani viaja para Israel - Reprodução / Instagram
Luana Piovani viaja para Israel Imagem: Reprodução / Instagram

De Universa

16/11/2019 18h07

Apesar dos burburinhos com o ex-marido Pedro Scooby, Luana Piovani garante que está bem-resolvida no amor. Em entrevista recente, a atriz declarou estar apaixonada pelo atual namorado, o jogador de basquete Ofek Malka, como se tivesse 19 anos. "Eu choro de saudade, sabe? Às vezes deito e escorre aquela lágrima. Com os anos, meu jeito de amar não mudou. O que mudou foi a expectativa e isso é libertador", disse.

Nas últimas postagens nas redes sociais, Luana tem dividido com seus seguidores detalhes da viagem à Tel Aviv, em Israel, para se encontrar com o amado. Ela parece ansiosa e, ao mesmo tempo, feliz. Como a atriz, muita gente já passou pelas dores e delícias de namorar alguém que vive longe. Afinal, esse tipo de relacionamento pode dar certo? Especialistas garantem que sim. Confira a seguir dicas para não deixar a distância atrapalhar o amor:

1. Programem os encontros

Uma das ciladas da distância é deixar o tempo correr e os encontros "ao vivo" se tornarem raros. Por isso o ideal é deixar as visitas programadas com bastante antecedência.

2. Tenham amigos que apoiem

Nem todo mundo entende a disposição de encarar um relacionamento com quilômetros no meio —- e há até quem incentive abandonar o barco. Por isso, é preciso estar blindado a julgamentos e opiniões. "Somente quem está na relação sabe o que é melhor ou pior", comenta a psicóloga Naiara Mariotto.

3. Evitem brigas à distância

Grande parte das brigas acontece por saudade misturada com raiva, por não poder estar mais próximo. "É como se sentissem que estão sempre sozinhos em ambientes sociais, confraternizações de família e passeios. O importante é não transferir esse sentimento para a outra pessoa. Caso contrário, fica difícil fazer a relação funcionar", assegura. Para evitar que a carência fique muito grande, o melhor é usar a tecnologia a favor e conversar diariamente.

4. Lembrem-se dos bons momentos

É importante carregar na memória o tempo em que passaram juntos. "Isso ajuda a driblar a saudade quando ela aperta", aponta a psicóloga Ellen Moraes Senra. E tenha sempre em mente que, em algum ponto da relação, um dos dois precisará ceder. Por isso, vale a pena conversar sobre o futuro.

* Com informações da matéria "15 dicas para um namoro à distância, como o de Neymar e Bruna, dar certo", publicada em 8 de janeiro de 2018.

Relacionamentos