Topo

Mães e filhos

Laura Neiva: "Nunca tive medo de engravidar e parir tendo ou não epilepsia"

Laura Neiva, de Chanel - Leo Franco / Agnews
Laura Neiva, de Chanel Imagem: Leo Franco / Agnews

Carol Martins

Colaboração para Universa, em São Paulo

14/11/2019 07h33

Na reta final da gravidez, Laura Neiva contou que não está apreensiva com o momento do parto, principalmente pela sua condição de epiléptica e poder chegar a ter uma convulsão no dia do nascimento de Maria.

"Sempre quis parir. Fiz alguns exames e está tudo certo. Posso entrar em trabalho de parto. Eu nunca tive medo de engravidar e parir tendo epilepsia ou não", disse a atriz no Gala São Paulo da BrazilFoundation, na Casa Fasano, em São Paulo.

Em entrevista à Marie Claire, Laura contou que descobriu a doença há 7 anos e foi diagnosticada como epilética congênita. "Depois que eu contei sobre o meu caso na revista (edição de outubro) fiquei impressionada com a quantidade de mulheres que deixam de engravidar por serem epiléticas e nunca procuraram um médico para saber se pode engravidar ou não", disse.

"A maioria das mulheres epiléticas durante a gestação diminui as crises. Só que tem uma porcentagem que pode aumentar e eu entrei nessa pesquisa. Eu sou uma delas. Mas eu nunca tive contraindicação de engravidar. Pela minha experiência com os meus médicos, isso não existe. Todas as mulheres podem engravidar com acompanhamento médico. No meu pré-natal recebi a informação de não interromper o meu medicamento. Minha questão com os médicos em engravidar epilética era o uso dos remédios", acrescentou.

Laura também disse que precisou repensar o local do parto. "Passou pela minha cabeça ter em casa, mas eu faço acompanhamento ginecológico com o meu médico há 10 anos e eu sempre quis que ele fizesse o meu parto, e ele não faz parto em casa, só no hospital, então por conta disso, e nesse momento de epilepsia, me sinto mais segura no hospital".

Com 14 quilos ganhos até agora, no oitavo mês de gestação, Laura contou que dribla a vaidade após perder as roupas por conta da nova silhueta.

"Tenho usado a criatividade porque no meu dia a dia estou começando a gostar de maquiagem, por exemplo. Foco aqui em cima (apontando para o rosto) porque embaixo está difícil. Só uso regatas e duas calças do meu marido (o ator Chay Suede). E nesse momento as roupas que ficam melhores em mim são as que marcam muito, mostrando que estou grávida".

Mães e filhos