Topo

Alto Astral


Emoção ou razão: o que pesa mais nas decisões difíceis de cada signo

Seu lado emoção fala mais alto que a razão? - iStock
Seu lado emoção fala mais alto que a razão? Imagem: iStock

Claudia Dias

Colaboração para Universa

14/11/2019 04h00

Todas as decisões pessoais são influenciadas pela natureza química interna de cada pessoa. É por isso que, diante de decisões difíceis da vida, há tantas atitudes e posturas diferentes: alguns se norteiam pela razão, enquanto outros, pela emoção. Tal disparidade pode ser observada com mais clareza quando olhamos para o zodíaco.

Pela visão astrológica, os signos têm características baseadas nas qualidades primitivas dos elementos Água, Ar, Fogo e Terra. "Mas existe uma mescla desses elementos nos signos e isso determina qual o nível de emoção e razão de cada um deles", observa a astróloga Feh Fêrri, da Mandala AstroLógicah.

Virgem, por exemplo, está ligado ao elemento Terra e é um dos signos que mais pendem para a razão. Não à toa, no reality A Fazenda, a virginiana Hariany mostrou esse racionalismo típico diante da difícil decisão de escolher quem deveria ir para a berlinda: a amiga Thayse ou o então namorado Lucas — acabou colocando o namorado em maus lençóis.

Se fosse para montar uma escala zodiacal do mais emotivo para o mais racional, Câncer ocuparia a ponta da emoção, seguido por Peixes, Áries, Leão, Sagitário e Libra. Escorpião é um dos signos em que prevalece a razão, ainda que seja em menor proporção do que ocorre com Aquário, Gêmeos, Touro, Virgem e, finalmente, Capricórnio, o mais racional de todos os signos.

A seguir, Feh Fêrri conta o que pesa mais para cada signo na hora de tomar uma decisão difícil na vida.

Áries: emoção

O nativo de Áries é mais emoção do que razão. Signo do elemento Fogo, tem natureza quente e é imediatista. Na hora de uma decisão difícil, o ariano considera os objetivos e vai em frente, com ímpeto e força, principalmente se for provocado - é um típico guerreiro motivado pela emoção.

Touro: razão

Touro é mais razão, mesmo tendo a emoção fazendo parte da sua essência. É um signo de Terra, prático e fixo nas próprias ideias. Porém, apresenta boa capacidade de absorver a emoção e lidar com o mundo sensível, mas faz isso dentro do seu próprio tempo, sem pressa alguma. Em cenários difíceis, decide de forma prática e racional.

Gêmeos: razão

Quem nasce sob o signo de Gêmeos é mais razão do que emoção. Isso porque trata-se de um signo do elemento Ar, mental, com um pouco de atuação do elemento Terra, o que o faz agir com racionalidade e lógica por razões estratégicas e práticas. O geminiano usa seu intelecto para tomar decisões difíceis.

Câncer: emoção

Toda pessoa que nasce no período de Câncer é mais emoção do que razão. Signo de Água, o canceriano é muito sensível. Mas o real motivo de ser pura emotividade é o fato de ter um pouco do elemento Terra em seu interior. Isso o faz reter a água, represando a emoção e sentindo tudo de forma visceral. O nativo se decide baseado naquilo que está sentindo.

Leão: emoção

Leão é mais emoção do que razão. Signo de Fogo, de natureza quente como o Sol (seu regente) e de vontade forte e poderosa como o rei dos animais, o leonino é visceral. O seu coração se impõe sobre o intelecto na hora de assumir um veredito difícil.

Virgem: razão

Quem é de Virgem se mostra bem mais razão do que emoção. É um signo do elemento Terra - na verdade, é o mais Terra de todos - e, portanto, cria uma espécie de barreira interna. A emoção virginiana encontra o filtro mecânico da análise. Ao tomar decisões críticas, ele é sistemático e racional.

Libra: emoção

O nativo de Libra usa a emoção e a razão, buscando um equilíbrio para qualquer situação. É um signo de ar, que leva em conta todas as impressões recebidas e as necessidades dos envolvidos - e é justamente isso que pode lhe causar indecisão ao ter que decidir algo. No final, percebe-se que ele harmoniza a emoção, sendo racional, e a razão, sendo emocional.

Escorpião: razão

Aqui, tem-se emoção com atuação de razão. Escorpião é um signo de Água - ou seja, emocional -, mas com uma dose a mais de frieza. Isso faz com que a emoção seja acumulada no seu interior, contraída, sendo, muitas vezes, invisível aos outros. É sempre um mistério a posição do escorpiano diante de situações difíceis, pois sua emoção pode ser transformada em razão ou em uma emoção fria e rígida.

Sagitário: emoção

Sagitário é mais equilibrado entre a emoção e a razão. Ele é signo de Fogo e, por isso, quente, ativo e entusiasmado. Mas não é tão emocional, pois tem uma parcela no elemento Ar em si, o que lhe agrega um caráter mental. O mix com o elemento quente lhe confere entendimento racional, ou seja, toma decisões difíceis, sentindo o calor da sua emoção, mas utilizando a razão.

Capricórnio: razão

O nativo de Capricórnio é muito voltado para a razão. Trata-se de um signo do elemento Terra, mas com uma pitada interessante de Ar e um toque imperceptível de Água no seu interior. No dia a dia, consegue discernir sobre o que o sensibiliza, lidando de forma prática e bastante inteligente diante das circunstâncias. É por isso que o capricorniano toma decisões difíceis com destreza e racionalidade.

Aquário: razão

Pode-se dizer que Aquário é razão com atuação de emoção, através de suas percepções mentais. É signo de Ar - o que quer dizer, mental -, mas com uma boa dose de Fogo em sua essência, fazendo com que suas decisões em momentos críticos sejam racionais, porém, diferentes do padrão. É esperado que o veredito aquariano tenha um toque de ação libertária, quente, que é o seu jeito todo especial e "diferentão" de trabalhar a emoção.

Peixes: emoção

O pisciano é mais emoção do que razão. Sua natureza é como o elemento Água: sensível, moldável, maleável. Peixes percebe as oscilações de sentimentos que surgem nas situações e delibera com base nas suas impressões e percepções emocionais.

Alto Astral