Topo

Paramédica sofreu abuso de paciente enquanto o atendia em ambulância

A paramédica Lizzie Smith relatou ter sofrido abusos de um paciente enquanto o atendia  - Reprodução/ITV News
A paramédica Lizzie Smith relatou ter sofrido abusos de um paciente enquanto o atendia Imagem: Reprodução/ITV News

De Universa, em São Paulo

13/11/2019 17h19

Uma paramédica do Reino Unido foi vítima de abuso sexual por parte de um paciente enquanto ela o atendia em uma ambulância. Lizzie Smith, 25 anos, abriu mão do anonimato concedido em situações de violência contra a mulher para denunciar o ocorrido.

Durante o expediente, ela atendeu um chamado de um homem que havia sido ferido em uma briga. Quando o levou até a ambulância, relatou ter sido apalpada por ele.

"Eu me abaixei para pegar alguma coisa em uma das caixas quando ele pegou na minha bunda", contou em entrevista à ITV News.

A situação deixou a profissional de saúde chocada a ponto de não conseguir reagir.

"Gosto de pensar que sei ser brava às vezes e que sei o que dizer ou que consigo reagir de forma rápida. Mas acho que na hora eu só pulei, de tão chocada que fiquei", observou. "Me senti enjoada e chateada. Não consegui dizer nada no momento", acrescentou.

Lizzie também disse que um dos motivos que a levou a trazer o caso à tona foi o excesso de abusos contra mulheres do setor médico no país.

"Já ouvi muitos comentários inapropriados de alcunha sexual e conheço amigos que já sofreram com homofobia e ataques raciais", observou.

O caso ocorreu em junho deste ano. Após receber a denúncia, a polícia conduziu as investigações sobre o suspeito e o enquadrou, este mês, em um registro de pessoas que cometeram crimes sexuais — ele deve permanecer na lista pelos próximos cinco anos.

Violência contra a mulher